16 / Abril / 2024

Terça

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Mota-Engil concluiu reabilitação do Túnel de Montemor com apoio da OBO Bettermann

25 de Janeiro de 2022 às 15:16:16

tamanho da letra:

Empresas

A Obo Betterman, fabricante de produtos para instalações elétrica, uniu-se à Mota-Engil na empreitada de reabilitação do Túnel de Montemor, projeto que implicou a substituição da iluminação e instalação de ventiladores de desenfumagem.

Em utilização desde 1995, o Túnel de Montemor integra uma via de elevado tráfego (A9, Circular Regional Exterior de Lisboa, permitindo uma velocidade máxima de circulação de 120 km/hora. A manutenção desta velocidade ficou, entretanto, em causa, com o surgimento de normas europeias que definiram requisitos mais exigentes para os túneis com mais de 500 m de comprimento ao nível da segurança rodoviária no túnel, desde a circulação, colisão, zonas de fuga, situação de fogo/incêndio.
Com mais de 700 m e devido às novas normas, o Túnel de Montemor teve, pois, que ser reabilitado através de uma obra de grande envergadura, complexidade e desafios, dos quais se destaca a execução num prazo reduzido, de 6 meses, e já com todos os testes e ensaios necessários realizados, mantendo sempre a circulação rodoviária., a que acresceram ainda desafios técnicos associados à configuração arredondada do túnel e a dificuldade em encontrar soluções para esta tipologia.
Do projeto, avaliado em 9 milhões de euros, fazia parte a substituição da iluminação e a instalação de ventiladores de desenfumagem e para isso foram necessárias soluções de suportarem com resistência ao fogo, permitindo o funcionamento dos equipamentos de extração e iluminação, em especial a iluminação dedicada aos caminhos de fuga. 

Dificuldades e desafios 

“A OBO Bettermann foi convidada para o projeto pelo reconhecimento técnico das suas soluções para túneis e sistemas de manutenção de funções que cumprem as normas exigidas para a nova certificação do Túnel de Montemor”, afirma a empresa num comunicado onde se explica a sua intervenção no mesmo. 
De uma forma simplista, os novos requisitos exigem que, em caso de incêndio, os caminhos de cabos tenham a capacidade de continuar a suportar os sistemas de iluminação e equipamentos de segurança para permitir a evacuação. A OBO Bettermann diferencia-se porque oferece um sistema completo de suportagem e de caminhos de cabos resistentes ao fogo como requerem as normas europeias, e não apenas caminhos de cabos resistentes ao fogo.
“A OBO Bettermann foi desde o início o parceiro para todas estas questões e encontrou sempre soluções, até personalizadas para o projeto. O facto de os produtos da OBO cumprirem os requisitos e as normas necessárias para este tipo de projetos pesou também no processo de escolha. Existem muitas empresas com soluções de suportagem mas nem todas dão garantias.”, refere o Bruno Reis, diretor de obra das instalações eletromecânicas do projeto do Túnel de Montemor na Mota-Engil.
“No início do projeto percebeu-se que, devido à especificidade do mesmo, nenhum produto existente se adaptava à configuração do túnel. Houve então a necessidade de redesenhar as soluções de obra, durante o anteprojeto, que demorou cerca de 4 meses. Foi necessário fazer um fato à medida com o apoio técnico e de produção da OBO Bettermann. A maior especificidade foram as consolas que tiveram de ser redesenhadas para se adaptarem à curvatura do túnel, tudo isto em tempo recorde para cumprir os já apertados prazos do projeto. Todo o sistema de montagem, como as consolas, abraçadeiras e caminho de cabos, teriam de ser de fácil e rápida instalação e aí a OBO Bettermann apresentou também soluções à altura da exigência do projeto”, refere, por seu turno, Eduardo Pontes, Técnico Comercial da OBO Bettermann Portugal. 
Os principais produtos instalados na reabilitação do Túnel de Montemor foram: caminhos de cabos em chapa perfurada galvanizada a quente; caminhos de cabos do tipo escada, igualmente galvanizada a quen-te; consola de fixação mural com diferentes tipos de ângulo de assentamento; perno de ancoragem e todos os acessórios necessários para fixação dos caminhos de cabos às respetivas suportagens.

E soluções 

Em suma, “a parceria entre a Mota-Engil e a OBO Bettermann permitiu ultrapassar os desafios inicialmente identificados: na Segurança, em particular em relação à manutenção de funções, as soluções da OBO Bettermann são tipificadas e certificadas de acordo com a norma DIN 4102-12; na necessidade de encontrar soluções personalizadas pela particularidade da obra, nomeadamente a amplitude do ângulo de curvatura do túnel e a localização específica do traçado do sistema de caminho de cabos longitudinal, que obrigou à criação de consolas específicas devidamente tipificadas e certificadas para o efeito; no tempo de concretização, e nesse sentido as soluções da OBO Bettermann, para além de cumprirem os requisitos das normas, têm a particularidade de ser estudadas de forma a agilizarem os tempos de execução/instalação, que também foram determinantes para minimizar as dificuldades de manutenção da circulação rodoviária durante a obra. Aqui destaca-se: caminho de cabos com encaixe rápido, do tipo Magic®, com reforço na sua união e que permite uma instalação muito mais rápida e robusta quando comparados com outros fabricantes, conseguindo-se reduzir pelo menos em metade o tempo de instalação; maior distanciamento entre suportes para igual capacidade de carga, o que permite diminuir a quantidade dos mesmos e diminuir também todos os acessórios (pernos/buchas) necessários à sua fixação e, consequentemente, o tempo de execução, com todos os custos daí decorrentes”, explica-se no acima referido comunicado. “Foi uma parceria bastante positiva que permitiu encontrar uma solução técnica que cumprisse todos os requisitos e a OBO Bettermann conseguiu dar resposta, cumprindo prazos. Houve um empenho muito grande no projeto e destacou-se pela disponibilidade e flexibilidade para encontrar a solução adequada”, conclui Bruno Reis sobre o trabalho da empresa no projeto de reabilitação do Túnel de Montemor, que passou, assim, a estar conforme a nova legislação.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.