20 / Janeiro / 2021

Quarta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Mota-Engil assina contrato de 1.496 milhões de euros na Nigéria

12 de Janeiro de 2021 às 16:14:52

tamanho da letra:

Empresas

A Mota-Engil celebrou o seu maior contrato de sempre, no montante de cerca de 1.496 milhões de euros.

Em causa está a execução do projeto, construção e o financiamento de uma infraestrutura ferroviária na República Federal da Nigéria e na República do Níger.
O contrato acima referido foi celebrado pela subsidiária para a região de África do grupo português com o Ministério dos Transportes da Nigéria e reporta-se à linha férrea, com cerca de 284 km + 94 km, “Kano-Danbatta-Kazaure-Daura-MashiKatsina-Jibiya-Maradi (Niger Republic) with a branch line to Dutse”. 
"Durante os próximos meses, a Mota-Engil irá, conjuntamente com o Governo da Nigéria e as entidades financiadoras, trabalhar na conclusão do ESIA (Environmental and Social Impact Assessment), nas necessárias expropriações, na mobilização inicial e na elaboração do projeto, com vista à sua conclusão e à aprovação final do financiamento por parte do Governo da Nigéria," refere-se em comunicado, onde se acrescenta ainda que "aquele financiamento tem vindo a ser estruturado e negociado pelo KFW-IPEX BANK, Africa FinanceCorporation e pelo Credit Suisse, como Financial Advisors da Mota-Engil e Mandated Lead Arrangers para a transação, e contará com o apoio de diversas ECA (Export Credit Agencies) internacionais e será tomado pela República da Nigéria". Terminada aquela fase, arrancarão os trabalhos efetivos de construção da infraestrutura ferroviária, que terão uma duração de 32 meses. 
Tratando-se do "maior contrato de sempre do Grupo", tem vindo a exigir, ao longo dos últimos 3 anos, uma "preparação e organização ímpares, conducentes à mitigação dos riscos, à maximização da rentabilidade, à redução dos prazos de execução e à minimização do impacto nas comunidades locais e do seu custo para a República da Nigéria", conclui-se no referido comunicado.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.