15 / Outubro / 2021

Sexta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Economia ver todas os artigos desta secção

Indicadores da Construção com trajetória sustentada de crescimento

08 de Outubro de 2021 às 15:05:21

tamanho da letra:

Economia

Desde o início do corrente ano, e até ao final do mês de agosto, o setor da Construção manteve uma trajetória sustentada de crescimento, com a maioria dos indicadores setoriais de procura e de produção a registarem variações acumuladas positivas.

As transações imobiliárias de alojamentos familiares, por exemplo, registaram, no 1º semestre de 2021, um crescimento homólogo de 25,6% e de 11,8%, face a 2020 e de 2019, respetivamente. uma observam-se crescimentos significativos nos primeiros seis meses de 2021, quer face a 2020, quer face a 2019. De igual modo, quanto ao montante das transações de alojamentos familiares, que totalizaram 15.494 milhões de euros no 1º semestre de 2021, apuram-se variações de 30,2% e de 27,1%, face ao mesmo semestre de 2020 e de 2019, respetivamente.
Também o total de licenças de construção emitidas nos primeiros 7 meses do ano aumentaram 11,0% em termos homólogos, em resultado de variações de 12,6% na componente dos edifícios habitacionais e de 7,3% na componente referente a edifícios não residenciais. O licenciamento de fogos em construções novas, cresceu 12,3%, em termos homólogos, para um total de 16.343 habitações, o índice de preços da habitação valorizou-se 6,6% no 2º trimestre de 2021 e, por seu turno, os valores de avaliação bancária na habitação mantiveram-se em máximos históricos, com um aumento homólogo de 8,2% no mês de agosto.
Nas obras públicas, até ao final de agosto de 2021, foram abertos concursos de empreitadas no montante de 2.916 milhões de euros, o que corresponde a uma contração de 15%, face aos 3.430 milhões promovidos nos mesmos oito meses de 2020. Porém, as empreitadas de obras públicas objeto de celebração de contrato e registo no Portal Base nos primeiros oito meses de 2021 totalizam 2.617 milhões de euros, o que traduz um aumento de 42,6%, consolidando uma trajetória positiva no que diz respeito ao volume de empreitadas de obras públicas contratadas.

Para mais detalhes consulte a conjuntura da Construção, relativa ao mês de setembro de 2021 

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.