20 / Novembro / 2019

Quarta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Soluções Schindler servem edifícios emblemáticos por toda a Europa

29 de Agosto de 2019 às 16:55:45

tamanho da letra:

Empresas

Enquanto especialista global em soluções de mobilidade, a Schindler é responsável pelo transporte diário de mil milhões de pessoas em elevadores e escadas rolantes instalados um pouco por todo o mundo.

Se para a maior parte dos exemplos de transporte vertical e horizontal as soluções são em si as ‘estrelas’ da Schindler - quer pelas tecnologias inteligentes que empregam, quer pela comodidade que proporcionam -, casos há em que são os locais de instalação que exaltam os equipamentos e lançam os maiores desafios aos engenheiros da marca.
Estruturas e edifícios como o Museu do Louvre ou o Hotel Ritz, ambos em Paris, o Estádio de Londres, o Atomium de Bruxelas, o Aeroporto Schönefeld de Berlim e o Elevador Hammetschwand, na Suíça, são apenas alguns exemplos das acessibilidades garantidas pela Schindler em locais icónicos da Europa.   
No caso do Louvre, o elevador hidráulico que transporta os visitantes entre o piso térreo do museu e a superfície foi desenhado propositadamente para operar por baixo da famosa pirâmide de vidro. Em vez de uma cabine, é utilizada uma plataforma aberta de estilo futurista, que permite admirar a escadaria em espiral em seu redor e tornar a entrada no museu ainda mais memorável. 
À data da sua abertura ao público, também o Atomium de Bruxelas foi considerado tecnicamente revolucionário, sendo que em parte também a Schindler contribuiu para o alcance deste mérito. Das nove esferas que compõem a estrutura, seis são acessíveis ao público, sendo que cada uma inclui dois andares principais e um andar inferior, de serviço. O elevador que liga as réplicas de átomos circula no tubo central e permite que 22 pessoas alcancem o cume em apenas 23 segundos. 
Já o elevador Hammetschwand é o segundo mais antigo da Europa - tendo sido construído em 1905 - e o mais rápido entre os elevadores alpinos, uma vez que sobe 3.15 metros por segundo. Localizado nos arredores de Lucerna, transporta os utilizadores até à plataforma de observação instalada a 153 metros de altura e é, ainda hoje, visto como um feito de engenharia da Schindler. 




Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.