25 / Setembro / 2022

Domingo

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Notícias ver todas os artigos desta secção

Eastbanc vence prémio de reabilitação urbana com Alegria One

17 de Maio de 2022 às 17:23:26

tamanho da letra:

Notícias

O mais recente empreendimento da EastBanc, Alegria One, foi distinguido como o melhor projeto de reabilitação urbana na categoria Comércio e Serviços pelo SIL - Salão Imobiliário de Portugal, “pela sua arquitetura, modernidade e as suas valências eficientes para os novos usos de escritórios e retalho”.

Foto: EastBanc

Este é mais um projeto de reabilitação da EastBanc, inserido no seu projeto global de longo prazo de reabilitação de bairro, que representa um investimento total de cerca de 11 milhões de euros.
Desenhado pelo arquiteto Eduardo Souto de Moura, em causa está um projeto de reabilitação total de um icónico edifício na esquina da Avenida da Liberdade com a Praça da Alegria. Com um total de 2.800 m2 de área de construção, o edifício tem 7 pisos, com um total de 2.200 m2 de área comercial, divididos entre 1.300 m2 de escritórios, um restaurante e uma loja no piso térreo, com mais de 400 m2. 
Construído no final do séc. XIX e reconstruído para habitação, a partir de uma casa preexistente, este edifício histórico era residência da família Keil até meados do século XX.
A intervenção apostou por “criar espaços totalmente amplos sem quaisquer pilares, proporcionando uma total flexibilidade de ocupação e Lay-out interior. Todos os pisos apresentam agora uma planta perfeita para Open Space”, refere-se em comunicado, onde se acrescenta ainda que o novo espaço de escritórios será “totalmente adaptado e flexível às novas tendências do mercado”. Esta unidade de escritórios tem três fachadas com amplas janelas e muita luz natural. Tem. Ainda, a possibilidade de se poder individualizar cada piso, se a procura de mercado assim o justificar, “tornando-o muito flexível às variações de mercado”. 
Para o CEO da EastBanc Portugal, Tiago Eiró, “o Alegria One é um projeto que nos orgulha muito (…). É um edifício de escritórios de última geração, com uma loja única no piso térreo, com 6 metros de altura, tratando-se de uma reabilitação total, e um grande investimento que resultou numa mais-valia para a prestigiada Avenida da Liberdade e para a cidade de Lisboa.”

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.