24 / Janeiro / 2022

Segunda

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Equipamentos ver todas os artigos desta secção

Placa de comando da OLI conquista terceiro prémio mundial

02 de Dezembro de 2021 às 10:00:08

tamanho da letra:

Equipamentos

A OLI foi premiada em Milão com a placa de comando “Less is More” pelo “Archiproducts Design Awards”, prémio anual que celebra a excelência mundial em design.

O júri, constituído por arquitetos, jornalistas, fotógrafos e diretores criativos de todo o mundo, considerou a placa desenhada pelo arquiteto Alessio Pinto uma das melhores 750 propostas selecionadas para a competição.
Este é o terceiro prémio mundial que a “Less is More” conquista este ano, depois de ter ganho o Red Dot Award 2021 e o iF Design Award 2021, considerado o ‘Óscar’ do design mundial. “Com esta tripla premiação, a OLI consolida o seu posicionamento como uma marca inovadora, à escala global, que tem investido no design e na tecnologia para tornar a casa de banho num lugar de beleza, conforto e sustentabilidade”, lê-se em comunicado.
A “Less is More”, fabricada em aço inox e inspirada na máxima “menos é mais” de Ludwig Mies van der Rohe (1886-1969), “assume uma forte identidade eclética e funcional. Os tradicionais botões de acionamento da descarga de água do autoclismo dão lugar a dois cordões, que nos fazem recuar no tempo e visualizar os primeiros mecanismos sanitários da história”, acrescenta-se no referido comunicado.
Alessio Pinto quis também desenhar uma placa intuitiva e explica: “Num relance, percebemos o significado do mais e do menos da descarga de água. Os cordões - mais e menos curto - assumem a função de sinais analógicos para induzir uma ação clara e imediata. Aqui, não há sinais ou símbolos a decifrar, há apenas uma escolha feita com o primeiro olhar. Acreditamos que esta compreensão instantânea torna esta placa muito original e empática”.
Nos últimos anos, a OLI tem intensificado a sua relação com a arquitetura ao criar parcerias com arquitetos de referência como Álvaro Siza Vieira (Prémio Pritzker 1992), Eduardo Souto de Moura (Prémio Pritzker 2011), Romano Adolini e, agora, Alessio Pinto, que aplicaram o seu talento na criação de peças únicas que transformam casas de banho de todo o mundo.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.