21 / Outubro / 2019

Segunda

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Equipamentos ver todas os artigos desta secção

ThyssenKrupp desenvolve o primeiro elevador do mundo sem cabos

12 de Dezembro de 2014 às 16:10:05

tamanho da letra:

Equipamentos

Apresentado a 27 de novembro, o Multi é a mais recente oferta da ThyssenKrupp, que inclui o repertório das tecnologias de elevador da empresa, representando uma revolução marcante no setor e nas soluções de transporte para edifícios altos.

Este objetivo, há muito determinado para a operacionalização de múltiplas cabines no mesmo poço, tornou-se possível ao aplicar-se a tecnologia de motor de levitação magnética Transrapid ao setor dos elevadores. “Operando de forma semelhante aos sistemas de metro, o design Multi consegue incorporar várias cabines de elevador autopropulsoras no mesmo poço a correr em loop, aumentando a capacidade de transporte em até 50% e possibilitando a redução da pegada energética dos elevadores em edifícios em 50%”, assegura o fabricante
Sem qualquer tipo de cabos, com um sistema de travões de vários níveis e com transferências indutivas energéticas da caixa para a cabine, o Multi requer caixas mais pequenas que os elevadores convencionais, conseguindo aumentar a área útil de um edifício em até 25%.
O aumento médio na eficiência também se traduz num requisito mais baixo para escadas rolantes e caixas de elevadores adicionais, resultando numa redução de custos de construção, bem como a multiplicação de retorno graças ao aumento de espaço útil.
O aumento do espaço disponível é uma das vantagens oferecidas pelo Multi. Embora a altura ideal de um edifício para as instalações do Multi seja de 300 metros, o sistema não se restringe à altura. O design do prédio já não está limitado pela altura ou alinhamento vertical das caixas dos elevadores, oferecendo oportunidades inimagináveis aos arquitetos e responsáveis pela conceção de edifícios.
O Multi baseia-se no sistema de controlo e de segurança do conceito Twin da ThyssenKrupp, mas inclui novas funcionalidades, tais como os novos materiais de liga leve para as cabines e portas, resultando numa redução de 50% do peso em comparação com elevadores standard, bem como o novo motor linear.
Operando sob o princípio básico semelhante ao de um sistema circular, como um paternoster, o Multi consiste em várias cabines que correm num loop a uma velocidade de 5m/s, permitindo que os passageiros tenham acesso praticamente constante a um elevador a cada 15 a 30 segundos, com uma mudança de elevador a cada 50 metros.
O produto vai ser testado, tendo também em vista a certificação ambiental, na torre de testes do fabricante em Rottweil, Alemanha, a qual se prevê que esteja terminada em 2016. Por esta altura, um protótipo do Multi estará em funcionamento, assegura o fabricante. 

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.