19 / Setembro / 2019

Quinta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Equipamentos ver todas os artigos desta secção

Turbina eólica Kingspan Wind reduz emissões de carbono de ecoturismo em 1.430 kg

04 de Setembro de 2013 às 11:26:02

tamanho da letra:

Equipamentos

A unidade de turismo ecológico “Reguengo” reforçou a sua capacidade de produção de energia renovável com a instalação da turbina eólica KW3 da Kingspan Wind.

Com este equipamento, aquela unidade hoteleira tem agora assegurada, segundo a marca especializada em soluções de energia eólica, “eletricidade confiável durante 24 horas por dia, 7 dias por semana, com a turbina eólica a gerar 4388KWh por ano e uma velocidade média do vento de 4.6 m/s, diminuindo as emissões de carbono em 1.430 kg”.
Considerada a turbina de pequeno porte mais robusta do mundo, o equipamento pertence à Kingspan Environmental, empresa especializada em soluções de distribuição de energia, água e gestão ambiental para o setor da Construção e que conta já com com mais de 4.000 turbinas instaladas em mais de 60 países em todos os continentes.
A unidade de turismo ecológico “Reguengo”, situada num vale, em Odemira, sofre com as condições climatéricas do local, por vezes adversas, e que recentemente danificaram parte do sistema de produção de energia renovável. A situação tornou-se num desafio para esta unidade de turismo, que ambicionava encontrar uma fonte de energia renovável fiável e resistente e que pudesse funcionar em sintonia com o sistema fotovoltaico off-grid já instalado, que produz energia elétrica para autoconsumo a partir da luz solar.

Razões do sucesso

Foi neste contexto que o “Reguengo” selecionou a Kingspan Wind, que, tendo em vista “alcançar maior eficiência energética, sobretudo com maior resistência e capacidade efetiva de produzir mais eletricidade, especialmente no inverno com a luz solar reduzida”, aconselhou a instalação da turbina eólica KW3. “Esta possui um design exclusivo, particularmente adaptado aos sistemas off-grid, e apresenta uma composição robusta, muito resistente a condições climatéricas mais desfavoráveis. A turbina foi instalada numa torre de 11 m e está integrada com o sistema fotovoltaico off-grid, banco de baterias e o inversor”, lê-se num comunicado emitido pela Kingspan, onde se explica que “os resultados são alcançados graças às características técnicas da turbina, nomeadamente ao design exclusivo do rotor delta que permite regular a velocidade de rotação e maximizar a produção de energia. Com o vento a aumentar de intensidade, as pás especiais e o cone protegem a turbina e permitem uma operação contínua. O design inovador assegura que a turbina não necessita de travão em ventos fortes, tornando este turbina num equipamento extremamente versátil e de alto rendimento, numa ampla variedade de locais e as condições ambientais”.
Thomas Knaupp, proprietário da unidade de turismo afirma que “não se trata de uma poupança de custos. O objetivo principal é utilizar fontes de energia renováveis, de acordo com a nossa filosofia”, revelando que este investimento de gestão ambiental é em prol da sustentabilidade ambiental e para minimizar o impacto da sua atividade junto da natureza.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.