15 / Julho / 2020

Quarta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Materiais ver todas os artigos desta secção

Nova tabela de prescrição de cerâmica e cimento cola APFAC/APICER

27 de Fevereiro de 2020 às 15:16:56

tamanho da letra:

Materiais

Uma nova tabela de prescrição de cerâmica e cimento foi divulgada pela APFAC- Associação Portuguesa dos Fabricantes de Argamassas e ETICS e pela APICER- Associação Portuguesa das Indústrias de Cerâmica.

O objetivo é obviar os problemas assaz frequentes associados aos desprendimentos e descolamentos de fachadas cerâmicas de prédios. “Para além da desvalorização/degradação dos edifícios e da má aparência dos mesmos, são também de equacionar os perigos para a segurança pública dos transeuntes da via pública bem como para automóveis e outros bens materiais”, alertam as duas associações, salientando que “os problemas são depois transferidos para o apuramento de responsabilidades entre construtores/arquitetos/fornecedores de materiais cerâmicos/fornecedores de colas e cimentos cola, em situações que podem ser de difícil resolução”.
Para garantir a durabilidade e a segurança do sistema “cerâmica-adesivo” em uso, “a escolha correta do adesivo para um ladrilho específico, é, pois, fundamental”, alertam em comunicado as mesmas associações, que elaboraram uma tabela tendo em conta o grau de compatibilidade do sistema “cerâmica-adesivo”, numa condição tradicional, sobre um suporte cimentício absorvente.

Tabela de equivalências entre classes de cerâmica e adesivos

A tabela seguinte apresenta os requisitos mínimos de acordo com a característica “absorção de água” da cerâmica, respeitando as normas EN 14411 e EN 12004. A APFAC e a APICER alertam, no entanto, que “existem condições adicionais a ter em conta, que podem levar a alterar a seleção do sistema, tais como: dimensões (CxLxA), geometria e natureza das peças de cerâmica; natureza, absorção e deformabilidade do suporte (betão, cerâmica existente, gesso cartonado, madeira, metal, etc) onde o sistema será aplicado; ambiente de utilização (residencial, comercial ou industrial); usos específicos (ambientes húmidos, exposição solar, etc.). Nestes casos devem ser consultados os prescritores”, concluem.

Recomendação mínima de classes de adesivos, segundo classes de cerâmica:

 
Notas:
“C* - cimento cola para ladrilhos absorventes em interior”

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.