16 / Dezembro / 2018

Domingo

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Materiais ver todas os artigos desta secção

Sistema de Fachada Ligeira da Knauf recebe o primeiro certificado Passivhaus ibérico

06 de Agosto de 2018 às 15:28:36

tamanho da letra:

Materiais

O novo sistema de fachada completa, desenvolvido pelo Grupo Knauf e pela SIGA, foi o primeiro sistema de fachada ligeira da Península Ibérica a receber um certificado Passivhaus.

“Eficiente, rapidez de instalação, um ganho substancial da superfície útil e 100% respeitador do meio ambiente”.  É assim que Pablo Maroto, diretor de Marketing da Knauf GmbH caracteriza o novo sistema de fachada ligeira, elaborado em colaboração com a SIGA. Esta nova fachada ligeira consegue minimizar as pontes térmicas, diminuir a transmitância e reforçar a hermeticidade das casas para que o edifício consiga uma poupança energética até 80%.
“Trata-se de mais um passo rumo à inovação de Knauf Aquapanel, uma aliança que nos coloca na vanguarda do mercado, com a melhor solução a nível de fachadas ligeiras”, afirma Antonio Mescua, Product Manager da Knauf Aquapanel em Espanha e Portugal.
O sistema Passivhaus consiste num padrão no qual se consegue minimizar até 80% do gasto energético das casas, sendo estas responsáveis por 40% do total da energia consumida em toda a Europa. A nova fachada ligeira da Knauf implementou por si só este sistema, tornando possível a sua utilização em edifícios de consumo quase nulo.
A Knauf e a SIGA conseguiram 80% de isolamento nas casas devido a uma maior superfície de câmara interior que aumenta a espessura do isolamento, assim como evita exfiltrações e infiltrações de ar, graças a um sistema de membrana hermética. Além disso, a fachada ventilada introduzida no sistema de fachada ligeira cria uma camada de isolamento que elimina pontes térmicas de laje ou pilares.
“Termos ao nosso alcance um sistema tão versátil, económico e respeitador do meio ambiente deixa-nos muito orgulhosos”, destaca Oscar del Rio, diretor geral da Knauf Insulation Iberia. “A nova fachada ligeira representa o futuro da construção eficiente e uma grande oportunidade para os arquitetos experimentarem de forma cómoda e simples as vantagens deste sistema”, acrescenta.
Este novo sistema possui uma série de melhorias em relação ao sistema tradicional, que consistem numa diminuição de 75% do peso da estrutura, um tempo de instalação menor (-27%) e menos mão-de-obra necessária para implementar o sistema. Estas melhorias implicam uma diminuição drástica dos custos fixos e variáveis, melhorando a qualidade dos edifícios.
Além disso, a espessura média do sistema tradicional é de 48,5 cm, enquanto o da fachada ligeira da Knauf é 38% menor, chegando até 35,6 cm, oferecendo, assim, até 8% mais de espaço útil da habitação.
Koldo Monreal, gerente da Onhaus, destaca que “este sistema é um avanço em termos de eficiência energética e em aspetos de rentabilidade e viabilidade”.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.