18 / Agosto / 2018

Sábado

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Materiais ver todas os artigos desta secção

Thermobuild ®, a tecnologia portuguesa ao serviço do isolamento térmico de edifícios

11 de Janeiro de 2017 às 11:19:01

tamanho da letra:

Materiais

A Barratermica, empresa transformadora de produtos para a indústria que opera na área da construção civil, apresenta Thermobuild ®, um produto para o isolamento térmico de edifícios.

Fabricado em Portugal, “o Thermobuild ® é composto por uma mistura seca de granulados provenientes da reciclagem de desperdícios de cortiça e borracha, o que garante a sustentabilidade ambiental e a redução da pegada ecológica, e o posiciona como produto inovador, em especial na reabilitação urbana”, afirma o fabricante, em comunicado.
“Devido à sua granulometria reduzida e a um processo de aplicação único e patenteado, o Thermobuild permite que, na reabilitação de edifícios, não seja necessário proceder a demolições de tectos, pavimentos ou paredes para isolar termicamente os espaços. O método de aplicação é não destrutivo e não invasivo e garante a rapidez e a limpeza de todo o processo de colocação do isolamento. O Thermobuild ® permite, assim, o aumento do conforto térmico de edifícios que, pela importância dos seus elementos arquitetónicos (como, por exemplo, tectos e paredes trabalhados com estuques ou pinturas artísticas), não poderiam ser isolados por nenhum dos métodos tradicionais”, explica-se no mesmo comunicado.
O Thermobuild ® tem aplicabilidade na área da térmica e da acústica, encontrando-se especialmente vocacionado para aplicação nos seguintes casos: paredes duplas de alvenaria de tijolo com caixa-de-ar não preenchida; lajes tradicionais de madeira, assoalhadas na face superior e estucadas sobre tabique na face inferior, ou revestidas com painéis de gesso cartonado; espaços constituídos por qualquer tipo de elemento construtivo onde se pretenda melhorar termicamente e acusticamente os elementos existentes, independentemente da espessura.
Com um coeficiente de condutibilidade térmica da mistura:  =0.0591 W/m.ºC, este isolante possibilita melhorias no consumo energético dos edifícios entre 15 e 30%, conforme a exposição das fachadas e pavimentos, assegura ainda a Barratermica.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.