23 / Setembro / 2019

Segunda

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Materiais ver todas os artigos desta secção

Chapa em policarbonato reveste estádio desportivo no Brasil

02 de Maio de 2013 por Lurdes Neto às 09:21:22

tamanho da letra:

Materiais

A divisão Innovative Plastics da SABIC anunciou a primeira aplicação das suas chapas alveolares em policarbonato LEXAN™ THERMOCLEAR™ num estádio desportivo no Brasil.

Em causa está a nova Arena do Grémio, um estádio multiusos localizado em Porto Alegre, com 60.540 lugares, no qual as chapas de 10 mm e cor personalizada são utilizadas como cobertura.
As chapas SABIC LEXAN THERMOCLEAR foram escolhidas pelo seu baixo peso, solidez e resistência ao impacto, em comparação com o vidro, salienta a empresa num comunicado, no qual adianta que “este projeto representa um novo marco nas quatro décadas de sucesso da SABIC no fornecimento de materiais com tecnologia de ponta para auxiliar designers e arquitetos a garantir a segurança” das suas grandes obras arquitetónicas.

Uma lista de vantagens

De acordo com a Saudi Basic Industries Corporation (SABIC), companhia petroquímica com atividade, entre outros, no mercado da produção de polietileno, polipropileno e outros termoplásticos avançados, “a chapa LEXAN THERMOCLEAR oferece muitas vantagens em relação aos materiais convencionais, como o vidro. É segura e fácil de se manusear, cortar e instalar, além de ser virtualmente inquebrável. O seu baixo peso pode oferecer uma economia significativa em termos de custo com transporte, manipulação e instalação. Quando comparada com vidro aramado de 6 mm, a chapa LEXAN THERMOCLEAR de 10 mm oferece uma redução de peso de mais de 85%”.
O produtor garante ainda que este material “proporciona uma resistência significativa ao impacto dentro de uma larga amplitude de temperatura, entre -40C e 120C, e também após prolongada exposição a ambientes externos. Pode resistir a condições climatéricas rigorosas, bem como a variações de temperatura sem quebras ou empenamento. Possui um tratamento de superfície patenteado num dos seus lados que oferece excelente resistência contra a degradação por radiação Ultravioleta (UV)” e tem “uma garantia escrita limitada de 15 anos contra descoloração, perda de transmissão de luz e perda de resistência a impacto devido a intempéries”.
A chapa LEXAN THERMOCLEAR foi fornecida num tom personalizado de azul que combina com as cores da equipa do Grémio. A cor leve e com uma superfície altamente refletiva da chapa ajuda a minimizar os efeitos do calor e reduz a necessidade de sistemas de refrigeração. Esses atributos, somados ao baixo peso de cada painel (2,2 kg/m²) contribuem para o impacto ambiental reduzido da Arena do Grémio, que aguarda a certificação Leadership in Energy and Environmental Design (LEED), do Green Building Council (EUA).

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.