20 / Julho / 2024

Sábado

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Casais conclui 1ª fase de construção do Hassan Centenary Terraces

07 de Setembro de 2023 às 11:04:03

tamanho da letra:

Empresas

O projeto Hassan Centenary Terraces (HTC), em Gibraltar, território onde o grupo português trabalha desde 2005, está integrado no programa Affordable Housing Scheme, respeitando dois pilares fundamentais: construção a custos controlados e os critérios ESG”. explica-se em comunicado.

No promontório, o grupo originário de Braga, desenvolveu já vários projetos no segmento residencial, incluindo reabilitação e construção de edifícios para o ensino e edifícios industriais. A experiência acumulada do Grupo em Design & Build foi, segundo o mesmo, “fundamental para ser escolhido para este projeto”. 
A construção a custos controlados está alinhada com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas, e tem como objetivo garantir o acesso à habitação a todos os cidadãos. 
Gibraltar, à semelhança de outros territórios, tem uma elevada procura por habitação. Contudo, a pequena dimensão do território traduz-se numa disponibilidade limitada de terrenos para construção, o que encarece os preços imobiliários. 
“Projetos inovadores como o Hassan Centenary Terraces – que beneficia de sistemas de construção modernos e mais céleres -, estão totalmente alinhados com a estratégia da Casais Gibraltar Limited. Este complexo habitacional representa uma oportunidade para o setor privado projetar, construir e integrar soluções técnicas capazes de melhorar parâmetros ambientais, mas também de otimizar a produtividade e o cumprimento de prazos. Este projeto pauta-se pelas preocupações de sustentabilidade, refletidas nomeadamente através da escolha de materiais, eficiência energética, gestão eficiente de água, gestão de resíduos e conforto ambiental”, afirma António Carlos Rodrigues, CEO do Grupo Casais.
No complexo HCT, as habitações são entregues sem acabamentos finais, com o objetivo de que cada família possa executá-los de forma gradual e de acordo com as suas possibilidades, dando corpo ao conceito de Edifício Evolutivo.
Localizado no ex-Eastern Beah public car parking de Gibraltar, o Hassan Centenary Terraces é constituído por seis torres, sendo que três já estão concluídas. De altura variável, estes edifícios habitacionais vão albergar 665 habitações e 673 lugares de estacionamento. O bloco quatro, com 110 metros de altura e 35 pisos, e que já está finalizado, é o edifício mais alto de Gibraltar. 
Estes edifícios habitacionais - desenvolvidos respeitando os critérios ESG (Environmental, Social, Governance) -, estão localizados nas proximidades do Rochedo de Gibraltar, um local com condições climáticas excecionais. Estas condições levaram à realização de testes em túnel de vento, de forma a “assegurar que as torres residenciais estão conformes com as exigências de segurança e de conforto que o Grupo Casais privilegia nas suas construções”.
As linhas gerais do projeto foram apresentadas pela Casais num evento em Gibraltar que contou com a participação de vários stakeholders locais e membros do governo local. Ainda durante a cerimónia, as autoridades locais atribuíram ao grupo Casais um Prémio de Reconhecimento de Excelência, que marca 18 anos de “dedicação à excelência técnica, elevados padrões e práticas de sustentabilidade e ESG exemplares no território”. José da Silva Fernandes, presidente do conselho de administração da Grupo Casais, recebeu o galardão em nome da empresa.





Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.