01 / Dezembro / 2022

Quinta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Efacec finaliza novos projetos em Metros Ligeiros na Noruega e em Espanha

22 de Novembro de 2022 às 17:22:04

tamanho da letra:

Empresas

A Efacec finalizou dois projetos internacionais de metros ligeiros na Noruega e em Espanha, continuando a fortalecer a sua posição de referência a nível mundial na área dos transportes.

Após o metro de Odense, na Dinamarca, aberto ao público em maio deste ano, foi inaugurada em final de outubro o Metro Ligeiro de Cádis (Espanha) e, em 18 de novembro, a Linha 2 do Metro Ligeiro de Bergen (Noruega). 
Iniciada em 2017, a participação da Efacec na construção da nova extensão do sistema do Metro Ligeiro de Bergen surgiu na sequência dos trabalhos desenvolvidos pela empresa nas Fases 2 e 3 deste mesmo projeto, iniciado em 2011. O desenvolvimento desta rede de metro tem permitido reduzir o congestionamento rodoviário e aumentar a eficiência do sistema de transporte alternativo às viagens de automóvel na segunda maior cidade da Noruega, com uma população de cerca de 260.000 pessoas.
Mais a sul, o projeto de Cádis é outro exemplo da capacidade da Efacec de realizar projetos complexos no âmbito do transporte urbano ferroviário, com tecnologia desenvolvida integralmente pela Efacec. Nesta cidade da Andaluzia, a Efacec finalizou o projeto do novo Metro Ligeiro, com uma extensão total de 14 km, que permite a ligação das cidades de Cádis, São Fernando e Chiclana de la Frontera, num percurso urbano e suburbano que integra 17 estações de superfície, quatro subestações de tração e um centro de comando, permitindo a ligação entre as cidades em menos de uma hora. O Metro Ligeiro de Cádis vai transportar 300.000 passageiros por ano.
“São projetos estruturantes e mobilizadores que tiveram na base a experiência da Efacec de mais de 25 anos no fornecimento de sistemas eletromecânicos para metros e metros ligeiros e que elevam a engenharia e a tecnologia da Efacec ao nível do que de melhor é feito mundialmente. Ao longo de mais de duas décadas temos desenvolvido vários projetos nesta área, demonstrando a mais-valia das nossas soluções técnicas nas áreas da sinalização, telecomunicações e energia, desenvolvidas integralmente pelas equipas da Efacec. A superioridade da nossa tecnologia e da nossa engenharia, aliadas à competitividade das nossas soluções, têm sido os fatores chave de sucesso dos projetos realizados em mercados como a Irlanda, Noruega, Dinamarca e Espanha, na área da mobilidade inteligente e sustentável”, afirma Pedro Pinto, diretor da Unidade de Transportes da Efacec. 
Em 1997, a Efacec teve uma participação muito significativa na construção da rede do Metro do Porto, que este ano celebra 20 anos de início de operação, projeto ao qual se seguiram múltiplos outros semelhantes em diversas geografias: Messina (Itália), Tenerife e Cádiz (Espanha), Argel, Oran e Constantine (Argélia), Nottingham (Reino Unido), Rio de Janeiro (Brasil), Bergen (Noruega) e Dublin (Irlanda). 
Adicionalmente à conclusão destes projetos, a Efacec está a participar, atualmente, na construção da Linha Sydavnen do Metro de Copenhaga (Dinamarca) e da extensão da Linha Amarela e nova Linha Circular do Metro do Porto (Portugal).
Sobre o trabalho desenvolvido na nova linha 2 do Metro Ligeiro de Bergen, salienta-se que esta nova Linha 2, inserida na chamada Fase 4 de construção do metro ligeiro de Bergen, consiste na expansão da rede do centro da cidade até Fyllingsdalen, cobrindo mais de 10km (5km de via subterrânea) e contando com um acréscimo de 9 estações (sendo uma delas, perto do Hospital de Haukeland, subterrânea). Neste projeto a Efacec foi responsável pela gestão chave-na-mão de um contrato de valor superior a 12 milhões de euros, contemplando o design e fornecimento de todos os sistemas de telemática e telecomunicações, incluindo comunicações de voz e dados, sistema de rádio, informação ao público, videovigilância e deteção de intrusão, gestão técnica, localização de veículos, gestão de tráfego de operações, bem como expansão do Centro de Controlo existente, baseado no produto EfaRail, integralmente concebido pela empresa portuguesa.
No metro de Cádis, a Efacec desempenhou um importante papel, ao gerir vários contratos da componente eletromecânica do sistema num valor acumulado de cerca de 20 milhões de euros. Ao contrato inicial da componente de energia de tração, que incluía a catenária, as subestações de tração, instalações de média e baixa tensão, iluminação e telecomando, juntaram-se posteriormente o fornecimento de um grupo de tração de 3KVcc, bem como de um inovador sistema de regeneração de energia nas subestações que permitirá melhorar a eficiência energética da rede, afirma-se em comunicado. 



Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.