25 / Setembro / 2022

Domingo

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Gabriel Couto constrói empreendimento imobiliário da Santa Casa de Lisboa

16 de Agosto de 2022 às 15:31:40

tamanho da letra:

Empresas

A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML) entregou ao grupo Gabriel Couto o desenvolvimento de um novo projeto imobiliário localizado no centro de Lisboa, concretamente na Praça José Fontana.

Em causa está a construção de um novo edifício e a ampliação e recuperação de um imóvel já existente neste terreno, na Rua Sousa Martins, de acordo com um projeto de arquitetura da autoria da Promontório.
Existem atualmente três construções no local (esquina da Rua Sousa Martins com a Praça José Fontana), sendo que o edifício de gaveto que dá para a Praça José Fontana e o edifício térreo na Rua Sousa Martins serão demolidos, para dar lugar ao edifício novo, reabilitando-se e ampliando-se o edifício existente na Rua Sousa Martins nº 22.
O edifício novo será realizado num único bloco estrutural, sendo constituído por tês caves e sete pisos acima do solo. Os pisos -3 e -2 serão para estacionamento, enquanto o piso -1 servirá para arrumos. No piso 0 estão previstas algumas lojas, átrio de entrada, acesso ao estacionamento e áreas técnicas, sendo todos os pisos elevados para habitação.
No edifício a manter está prevista a ampliação de um piso no topo e construção de uma nova cobertura, assim como toda a reformulação controlada na organização dos pisos e interna dos diversos apartamentos, e a introdução de um novo elevador.
Com uma área de construção global superior 6.300 m2, este novo projeto imobiliário inserido num lote de 1.700 m2, prevê a construção de 32 novos apartamentos de diferentes tipologias, desde T0 a T3, assim como a pavimentação do exterior, criando arruamentos, passeios e zonas verdes, sendo o prazo global da empreitada de 24 meses.
Segundo a Direção do Património da SCML, com o desenvolvimento deste projeto habitacional na Praça José Fontana e Rua Sousa Martins, a SCML pretende «responder às necessidades de todas as gerações. Jovens, famílias numerosas, pessoas mais velhas… na diversidade de tipologias vão poder escolher aquela que melhor se adapta às suas necessidades».  
Para a Gabriel Couto, que com a adjudicação desta empreitada vê, assim, reforçado o seu portfólio de obras na área da reabilitação e regeneração urbana, “a requalificação e construção deste novo empreendimento em Lisboa é mais um desafio aliciante (…), conforme salienta o diretor comercial do grupo, Daniel Costa.  



Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.