19 / Agosto / 2022

Sexta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

TUU fiscaliza obra do Sistema de Mobilidade do Mondego

02 de Agosto de 2022 às 11:41:49

tamanho da letra:

Empresas

A TUU – Building Design Management vai fiscalizar a obra, coordenar a segurança e assegurar a gestão ambiental e do Património Cultural da empreitada de construção da futura Linha do Hospital, na cidade de Coimbra.

Em causa está uma obra de 15,5 milhões de euros, que se prevê estar pronta num período de 18 meses, e cujo Auto de Consignação foi assinado no passado dia 22 de julho, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Coimbra, na presença do Primeiro-Ministro, António Costa, do secretário de Estado da Administração Local e do Ordenamento do Território, Carlos Manuel Soares Miguel, e do Ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos.
Com a referida assinatura é dada luz verde para avançar com os trabalhos da Empreitada “SMM - Troço Linha do Hospital, Aeminium – Hospital Pediátrico, incluindo a Remodelação das Redes de Drenagem de Águas Residuais”, promovida em conjunto e coordenada pela Infraestruturas de Portugal e a Águas de Coimbra, E.M., com a execução da Cimontubo – Tubagens e Soldadura. 
O empreendimento Sistema de Mobilidade do Mondego (SSM) está a ser desenvolvido pela Infraestruturas de Portugal e pela Metro Mondego, consistindo na implementação de um Metrobus com tração elétrica (a baterias) no antigo ramal ferroviário da Lousã e na área urbana de Coimbra. Com uma extensão total de 42 quilómetros, fará a ligação entre Serpins, Lousã e Miranda do Corvo a Coimbra (servindo a estação de Coimbra B e o eixo central da cidade entre a beira rio e a zona dos hospitais da cidade).
A obra a fiscalizar pela TUU consiste na execução do troço urbano do Sistema de Mobilidade do Mondego (SMM) - Linha do Hospital, com uma extensão de 3,5 km, prevendo a criação de um canal dedicado (uso exclusivo) ao Metrobus, incluindo trabalhos de integração urbana, e prevendo nove paragens. O início do traçado ocorre junto à Paragem Aeminium / Loja do Cidadão do troço Coimbra B / Portagem, e o término no Hospital Pediátrico. A empreitada inclui ainda a remodelação das redes de drenagem de águas residuais e, pontualmente, a remodelação da rede de distribuição de água no espaço canal do futuro Metrobus. 
O empreendimento Sistema de Mobilidade do Mondego está a ser desenvolvido pela Infraestruturas de Portugal e pela Metro Mondego, consistindo na implementação de um Metrobus com tração elétrica (a baterias) no antigo ramal ferroviário da Lousã e na área urbana de Coimbra. Com uma extensão total de 42 quilómetros, fará a ligação entre Serpins, Lousã e Miranda do Corvo a Coimbra (servindo a estação de Coimbra B e o eixo central da cidade entre a beira rio e a zona dos hospitais da cidade), permitindo ligar três concelhos. Ao todo, serão 42km de extensão, tendo como objetivo a reabilitação do antigo Ramal da Lousã, através de um modo de transporte de características compatíveis com a circulação em meio urbano e suburbano.
Para além da construção do acima referido canal de 3,5 km de extensão e 7 m de largura, são ainda obras da responsabilidade da IP no âmbito do SMM: a criação de 9 estações para passageiros; a realização de uma zona terminal de carregamento elétrico; a intervenção em cinco rotundas e 20 interseções; a construção de uma Ligação Mecânica (elevador) entre a estação dos Hospitais da Universidade de Coimbra e a Av. Bissaya Barreto; e a remodelação do espaço público do eixo viário existente, compatibilizando o mesmo com as infraestruturas subterrâneas e o mobiliário urbano.
A Águas de Coimbra irá promover a remodelação das redes de abastecimento de água e de drenagem de águas residuais domésticas e pluviais, envolvendo a execução de uma rede de abastecimento de água e novas redes de drenagem doméstica e de drenagem pluvial.
Leonardo Crisóstomo, fundador da TUU, afirma que, “para a TUU, (esta) é uma empreitada impactante, mas sem dúvida que também o é para a cidade de Coimbra! Trata-se de um projeto há muito esperado, que vai permitir uma mobilidade mais eficiente, inclusiva, segura e sustentável”
Fundada em 2016, a TUU – Building Desing Management tem como atividade principal a gestão integrada do processo criativo, estratégico e técnico. A empresa fornece serviços especializados de Arquitetura, Engenharia e Gestão de Projeto, que lhe permite acompanhar todas as fases de um projeto. Especialista em modelação e serviços de arquitetura BIM, tem por objetivo transformar a maneira como se produz e comunica o design de edifícios. 

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.