29 / Junho / 2022

Quarta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Sacyr Somague ganha obra de 20,8 milhões nos Açores

29 de Março de 2022 às 17:17:46

tamanho da letra:

Empresas

A Sacyr Somague lidera o consórcio que assinou o contrato de quase 21 milhões de euros para a empreitada de construção das obras de reparação dos molhes dos portos comercial e de recreio de Vila do Porto, na Ilha de Santa Maria, nos Açores.

Com um prazo de execução de 33 meses, esta empreitada, adjudicada pela Portos dos Açores, tem como objetivo “realizar um conjunto de obras que permita regularizar e melhorar as capacidades operacionais dos portos comercial e de recreio de Vila do Porto, danificadas pela passagem do furacão Lorenzo”, explica-se em comunicado.
As áreas de intervenção abrangem o molhe do porto de comércio, a estrada de acesso ao molhe do porto de comércio, o terrapleno e acessos interiores (comércio e pesca) e o molhe e a entrada do porto de recreio.
No âmbito da empreitada, o consórcio irá realizar trabalhos de: reabilitação do molhe do comércio (obra de proteção exterior, terrapleno e cais), reperfilamento da estrada de acesso; reordenamento do estacionamento e acessos; edifício de operações e portaria; reparação e reforço do molhe do porto de recreio; reforço da fundação do pilar extremo do cais ferry; rede de águas; instalações elétricas.

Empreitadas em curso na região somam 46 milhões de euros

Além desta empreitada, a Sacyr Somague tem em curso, também na Região Autónoma dos Açores, a empreitada de construção de rampa para navios Ro-Ro e ferry e obras complementares para melhoria da operacionalidade e do abrigo do porto das Pipas, em Angra do Heroísmo, com um valor já contratualizado de cerca de 17 milhões de euros, e a empreitada de construção de novas instalações para a Escola Básica Integrada de Arrifes, em São Miguel, com o valor contratual de mais de 12 milhões de euros.
Ainda nos Açores, a Sacyr Somague está a desenvolver, na ilha das Flores, as empreitadas de requalificação do porto das Poças, em Santa Cruz das Flores, para aumento da capacidade de transporte de passageiros, e a empreitada de proteção de emergência ao terrapleno portuário e cais a -5M (ZH) do porto das Lajes das Flores, no âmbito dos prejuízos decorrentes do Furacão Lorenzo, assumindo nestas obras a liderança dos consórcios executantes. Está também em curso a obra, desenvolvida em consórcio, de construção de ponte cais no porto das Lajes das Flores, no âmbito dos prejuízos decorrentes do Furacão Lorenzo. No seu conjunto, estas empreitadas têm um valor de mais de 46 milhões de Euros.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.