03 / Dezembro / 2021

Sexta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Ecoinside estreia método inovador de instalação de central fotovoltaica na UPREL

20 de Setembro de 2021 às 14:12:14

tamanho da letra:

Empresas

A tecnológica de energias renováveis Ecoinside vai estrear uma técnica inovadora na instalação de painéis solares com recurso a estruturas de betão, em oposição à tradicional estacaria metálica.

Desenvolvido em parceria com a Presdouro - Pré-Esforçados Beira Douro e a Cimenteira do Louro, este projeto é 100% português e vai ser implementado na fábrica de refrigerantes UPREL, em Estarreja. 
A intervenção vai ainda contar com uma avaliação ambiental da obra, desde a contabilização dos resíduos gerados ao impacto na biodiversidade, com o objetivo de desenvolver um modelo de centrais fotovoltaicas mais sustentável. 
Consoante se explica em comunicado, “o método de instalação distingue-se pelo facto de consistir numa estrutura em betão, adaptável a qualquer tipo de painel solar que se pretenda instalar, em oposição às tradicionais formas de fixação de painéis em projetos no solo. Segundo Joaquim Guedes, CTO (Chief Technical Officer) e sócio-fundador da Ecoinside, “a técnica utilizada reduz custos de mão-de-obra, graças a uma instalação mais simples e célere, e evita a realização de estudos geotécnicos exaustivos. A solução técnica em betão é composta por duas peças fabricadas em separado, para permitir uma maior agilidade e eficiência no transporte e na sua montagem. Trata-se de uma solução concebida para acomodar os diferentes tamanhos de módulos e que permite o ajuste da sua inclinação, adequando-se, dessa forma, a todo o tipo de projetos e localizações”, conclui. 
A avaliação ambiental da instalação de uma central fotovoltaica no terreno pretende, ainda, contribuir para o desenvolvimento de um modelo de centrais fotovoltaicas com menores impactos na biodiversidade dos locais e com menor desperdício associado. “Com este estudo, esperamos caminhar no sentido de, muito em breve, implementarmos apenas centrais fotovoltaicas que estejam em comunhão com o ambiente em que se inserem, bem como podermos começar a compensar ambientalmente os resíduos e operações cuja pegada ecológica não possamos diminuir”, salienta, por seu turno, António Cunha Pereira, CEO da Ecoinside. 
As inovações a estrear na obra estão alinhadas com a estratégia de sustentabilidade que a UPREL pretende seguir nos próximos anos, começando, deste modo, pela transição energética. Com efeito, estima-se que a central fotovoltaica a instalar produza mais de metade da energia necessária para o funcionamento da empresa e resulte em poupanças anuais de cerca de 12 mil euros em energia elétrica.  “A UPREL tem uma longa e importante história que tem vindo a ser marcada por desafios, crescimentos e reinvenções. Este projeto marca mais uma etapa do caminho que pretendemos seguir com vista à diminuição do impacto ambiental das nossas operações, fundamental para garantirmos um crescimento sustentável por muitos e bons anos”, afirma Abílio Silveira, diretor-geral da UPREL. 


Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.