31 / Outubro / 2020

Sábado

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Ecosteel investe 10 milhões de euros para responder a novos mercados

10 de Setembro de 2020 às 10:22:50

tamanho da letra:

Empresas

A Ecosteel, empresa proprietária da marca "Much More Than a Wîndow" (MMTW), associada a trabalhos em metal, estruturas e produções artísticas, investiu 10 milhões de euros na ampliação das suas instalações, em mais 15 mil metros quadrados, e na contratação de mais de 100 pessoas até ao final do ano.

A aquisição do novo espaço já permitiu duplicar a produção, que se destina, sobretudo, a mercados externos, para onde vai cerca de 70% do fabrico, sendo os Estados Unidos, por agora, um dos principais destinos.
Apesar da instabilidade socioeconómica que se vive no momento, o Grupo Ecosteel conta atualmente com uma faturação de 20 milhões de euros, a qual, revela, "deverá ascender a 25 milhões no próximo ano".
Fundada em 2013, em Amorim, na região do Grande Porto, a Ecosteel aposta na conceção inovadora, produção e instalação de sistemas de janelas ou caixilharias minimalistas e outras estruturas metálicas de suporte destinadas, normalmente, a janelas de grandes dimensões, utilizando vidros estruturais que permitem desafiar os limites da arquitectura e oferecem a possibilidade de usar superfícies envidraçadas até 12m de altura e até36m² por painel, prescritos por arquitetos e clientes, sob a marca Much More Than a Window (MMTW). 
Para José Maria Ferreira, CEO e fundador do Grupo empresarial, “as perspetivas futuras para este mercado apontam para uma progressiva utilização de janelas minimalistas, nos mais variados projetos, de pequena ou grande envergadura, com áreas envidraçadas cada vez maiores, e com tecnologias associadas (domótica, motorização do movimento dos painéis, segurança, novos materiais, etc.), representando novos nichos de mercado e de maior valor acrescentado”.
Com uma vasta carteira de clientes, a MMTW é procurada para obras de arquitetura de referência nacional e internacional. Arquitetos como Souto de Moura, Aires Mateus, Carvalho Araújo, Alejandre Aravena (Chile), John Pawson, (Inglaterra), Vincent Van Duysen (Bélgica) e Renzo Piano (Itália), RCR Arquitectes (Espanha) e os escultores portugueses José Pedro Croft e Pedro Cabrita Reis integram o “grupo de clientes e trabalho” da Ecosteel.  
Gerida desde a sua fundação pelo empresário José Maria Ferreira, cujo percurso profissional conta com mais de 30 anos de experiência no setor da metalomecânica e janelas minimalistas, o Grupo Ecosteel representa um caso de sucesso e crescimento ímpares, que se reflete no aumento do grupo de trabalho inicial de cerca de 30 colaboradores para os atuais mais de 200, entre os quais arquitetos, engenheiros, designers, serralheiros, equipas de instalação e um grupo de gestão, que fazem parte do corpo operativo do Grupo Ecosteel.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.