12 / Julho / 2020

Domingo

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Greenyard Logistics Portugal confia novo centro logístico à Garcia Garcia

27 de Maio de 2020 às 11:56:43

tamanho da letra:

Empresas

Com o objetivo de potenciar a operação na zona norte do País, a Greenyard Logistics Portugal, operador logístico em temperatura controlada, entregou à Garcia Garcia a construção do seu novo centro logístico, em Modivas, Vila de Conde.

A construtora especializada em design and build de edifícios industriais e logísticos interveio em todo o processo, tendo sido responsável pela seleção e localização, pelos projetos de arquitetura e engenharia, assim como pela execução da obra, agora concluída.
“O nosso (…) know-how na área industrial e logística justificou a confiança da Greenyard Logistics Portugal, à qual procurámos responder com um projeto que, acreditamos, está alinhado com a sua inovação e capacidade técnica e que garante as melhores soluções para que a empresa se mantenha na linha da frente da sua área de negócio”, explica Carlos Garcia, administrador da construtora.
Já Vítor Figueiredo, CEO da Greenyard Logistics Portugal, refere sobre a nova estrutura que é “uma instalação moderna, com elevadas preocupações de eficiência e sustentabilidade (…). A plataforma apresenta ainda uma capacidade significativa de expansão (…).”

Aposta na inovação para ganhos de eficiência e poupança energética

Projetado de raiz, o novo centro logístico beneficia de instalações concebidas e desenvolvidas à medida das necessidades do tipo de negócio e que incorporam soluções de última geração, adianta-se em comunicado, onde se acrescenta ainda o facto ir ao encontro dos exigentes normativos de qualidade e segurança aplicáveis.
Dividido funcionalmente em três áreas principais - armazém de frio negativo, armazém de frio positivo e áreas administrativas e sociais -, o edifício foi concebido em função da sua utilização final, que se centra na logística de frio para produtos alimentares.
O edifício encontra-se equipado com dez cais de carga exteriores ao edifício, por forma a minimizar as perdas de temperatura e a maximizar a eficiência energética do edifício. Ainda para impulsionar a poupança de energia, foram definidas soluções avançadas de isolamento, quer ao nível da cobertura e revestimentos, quer ao nível de todas as entradas e saídas do edifício, assim como um sistema avançado de climatização e refrigeração, controlado por um sistema de Gestão Técnica Centralizada.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.