22 / Fevereiro / 2020

Sábado

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Invenio Engenharia prevê crescimento de 25% em 2020

17 de Dezembro de 2019 às 15:54:07

tamanho da letra:

Empresas

A Invenio Engenharia, empresa de construção civil e obras públicas totalmente nacional e com uma experiência superior a 30 anos, prevê registar em 2020 um crescimento de faturação de cerca de 25%, em redor dos 20 milhões de euros.

Segundo afirma em comunicado António Veloso, diiretor Geral da Invenio Engenharia, “o próximo ano será de consolidação e reforço do posicionamento no mercado. O rigor construtivo, o cumprimento das boas práticas de engenharia, a boa seleção e formação de recursos humanos, a transparência dos procedimentos, bem como a estreita relação com o cliente/dono de obra, projetistas e fornecedores têm permitido afirmar cada vez mais a diferenciação e o valor acrescentado que esta empresa representa no setor da construção civil.”
Para o próximo ano, a empresa tem previstas cerca de 10 novas empreitadas, nomeadamente, seis edifícios multifamiliares construídos de raiz e quatro edifícios a reconstruir com profundidade na Baixa do Porto e em Braga, destinados a um mercado jovem e cosmopolita.
Recentemente, iniciou uma empreitada, em regime de consórcio, com cerca de 22.000 m2 de área bruta de construção, na zona dos Caulinos, na Senhora da Hora. O empreendimento Evolution Apartments será composto por 170 novos apartamentos de tipologias T0, T1, T2 e T3 e representa um investimento global superior a 35 milhões de euros, sendo promovido pela empresa de investimentos imobiliários Simevaro.
Para António Veloso, “a recente “internacionalização” do mercado imobiliário português obrigou a uma grande agilidade interna. Verifica-se que, com entrada de novos players, das mais diversas partes do globo, há novas perspetivas da vivência urbana, novas mentalidades, novas linguagens arquitetónicas, com projetos cada vez mais inovadores e ecologicamente responsáveis, e um aumento significativo da exigência destas empresas investidoras no rigor qualitativo aquando da contratação do empreiteiro. Neste momento, o fator preço já não é o mais significativo na escolha da empresa de construção, mas sim as competências técnicas, o rigor de procedimentos e a transparência durante todas as fases de empreitada, pelo que sentimo-nos muito confortáveis e otimistas em relação ao futuro”, conclui o mesmo responsável.     

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.