22 / Outubro / 2019

Terça

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Mota-Engil reforça carteira de encomendas em 327 milhões

09 de Outubro de 2019 às 11:35:15

tamanho da letra:

Empresas

A Mota-Engil obteve três novos contratos, em segmentos diferenciados de obras públicas, serviços de mineração e construção civil, respetivamente, em Angola, Moçambique e Portugal, no valor total de 327 milhões de euros.

Em Angola, em resultado de um concurso público para a implementação de projetos estruturantes na província do Cunene, a empresa ganhou contratos que visam a construção de barragens, sistemas de captação de água e canais adutores. Neste conjunto de projetos anunciados pela presidência angolana, a Mota-Engil Angola venceu, em consórcio com uma participação de 50%, o concurso referente ao terceiro lote para a construção da Barragem de Calacuve, um projeto integrado no âmbito do “Programa de Ações Estruturantes de Combate aos efeitos da Seca – Província do Cunene”, estando a obra, com um prazo de execução de 20 meses, avaliada em cerca de 160 milhões de euros. 
Em Moçambique, a Mota-Engil África celebrou um contrato para a execução de serviços mineiros em Moatize. O contrato totaliza cerca de 90 milhões de euros e contempla a execução dos serviços mineiros, incluindo a perfuração, desmonte com explosivos, carga e transporte do carvão e estéril. Os trabalhos, a executar em mina a céu aberto, têm um prazo de 60 meses e início previsto ainda para o corrente mês de outubro. “ A assinatura de mais um contrato em Moatize, suportando o desenvolvimento da atividade económica que se alarga a toda a região de Tete, confirma Moçambique como um dos principais eixos da dinâmica comercial da Mota-Engil África neste continente, onde tem vindo a reforçar a sua posição como empresa de referência no setor da mineração”, destaca a empresa portuguesa em comunicado. 
Por último, em Portugal, a Mota-Engil celebrou com a Vanguard Properties um contrato para a construção do edifício residencial Infinity, um projeto com 195 apartamentos, entre as tipologias T1 e T6. O contrato, no valor de 77 milhões de euros, prevê um prazo de execução de 28 meses.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.