22 / Novembro / 2019

Sexta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Knauf Insulation Ibéria cresce 11% e fatura 20 milhões de euros em 2018

26 de Fevereiro de 2019 às 16:10:28

tamanho da letra:

Empresas

A Knauf Insulation anuncia ter alcançado, em 2018, uma faturação de 20 milhões de euros em Espanha, mais 11% do que em 2017.

A empresa, presente em mais de 35 países em todo o mundo, atribui este crescimento “aos mais de 200 projetos em que participou no ano passado e a uma maior consciência da importância do isolamento em edifícios e moradias, por motivos ecológicos, económicos e de saúde”.
“2018 foi um grande ano para a empresa, não apenas pelo crescimento económico, como também pelo aumento da consciencialização e procura por edifícios de energia quase nula e de consumo passivo. O utilizador final está mais informado e quer instalar estes sistemas nas suas casas porque afetam a sua economia diária, a sua saúde e o meio ambiente”, explica Oscar del Rio, diretor geral da Knauf Insulation em Espanha e Portugal.
Os edifícios Passivhaus ou de energia quase nula (nZEB) são edifícios que foram construídos ou reabilitados segundo um padrão de sustentabilidade ambiental. Em particular, o sistema Passivhaus é o mais exigente e avançado do mundo e consiste em controlar o ar interior das habitações para que haja menos fugas, o que permite que a temperatura das casas se mantenha estável durante muito mais tempo.
Estes edifícios consomem até 80% menos de energia, o que influencia diretamente no gasto médio da casa. Estima-se que mais de 1,5 milhões de pessoas em Espanha têm um gasto excessivo nas contas de luz e gás, e que mais de 12.000 milhões de euros são gastos, todos os anos, em climatização nas suas habitações. “Apenas os edifícios com sistema Passivhaus podem solucionar este problema que afeta toda a Europa, onde os edifícios são responsáveis por 40% do gasto total de energia”, sublinha a Knauf Insulation.
“Uma nova forma de construir mais ecológica, sustentável e respeitadora do ambiente é possível”, afirma Oscar del Rio, acrescentando que “não é importante apenas para a nossa economia e planeta, como também para a saúde, pois está comprovado que os nossos edifícios previnem doenças, como a síndrome de edifício doente, e reduzem os problemas de asma, que frequentemente são agravados por edifícios com estanquidade do ar interior.

Prémio para a melhor empresa multinacional de reabilitação do mundo em 2018

A Knauf Insulation Iberia recebeu o prémio de melhor multinacional de reabilitação do mundo em 2018, num congresso realizado em Viena que premiou as suas soluções inovadoras no campo da construção. A empresa participou na reabilitação e construção de edifícios notáveis em Espanha, como a Torre Bolueta em Bilbao, o edifício Passivhaus mais alto do mundo, o Hotel Edition de Barcelona e o Hotel VP de Madrid, e foi responsável pela criação da maior cobertura ajardinada do País Basco, que ocupa 6.800m2.
A empresa pretende em 2019 crescer 20% no volume de negócios, participar nos principais projetos de construção sustentável em Espanha e continuar a criar soluções de construção ecológica, como a primeira fachada com certificado Passivhaus em Espanha e Portugal (certificação obtida em 2018) ou somar sucessos, como quando um edifício da Knauf Insulation obteve o primeiro certificado Well de Espanha.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.