16 / Novembro / 2018

Sexta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

2ª edição da Casais Open Week recebe centenas de alunos

17 de Outubro de 2018 às 10:50:20

tamanho da letra:

Empresas

De 22 a 27 de outubro, o Grupo Casais vai voltar a abrir as portas a centenas de alunos, de todo o país e de diferentes áreas de formação e graus académicos.

A Casais Open’Week vai na segunda edição e visa, por um lado, dar a conhecer as empresas do Grupo a potenciais candidatos e, por outro, permitir a estudantes, a frequentarem o ensino superior ou o ensino técnico-profissional, tomarem contacto com profissionais e atividades das áreas em que desejam profissionalizar-se. Tal como no ano passado, o departamento de Recursos Humanos espera envolver cerca de 300 alunos. Até meados de setembro foram convidados a participar estudantes de 17 cursos de nove escolas superiores de áreas como Engenharia Civil, Arquitetura e Engenharias Mecânica e Elétrica e de 12 cursos técnico-profissionais de nove instituições das áreas da Construção.
“O principal objetivo do Grupo Casais é, ao longo de uma semana, dar a conhecer a alunos do ensino superior de engenharias Civil, Mecânica ou Eletrotécnica e de Arquitetura e do ensino técnico-profissional relacionado com o setor da construção civil, as funções desenvolvidas pelas várias empresas do grupo, transmitir-lhes a política de Recursos Humanos da empresa e quais os valores e competências que valorizamos nos candidatos, partilhar com eles os testemunhos dos nossos profissionais e promover a proximidade dos técnicos especializados nas áreas de formação que os mesmos frequentam, disponíveis para partilhar opiniões e esclarecer dúvidas”, explica Sofia Miranda, diretora de Recursos Humanos do Grupo Casais. Além deste objetivo, “pretende-se transmitir a cultura de segurança da Casais, bem como estreitar as nossas parcerias com as escolas e instituições”. No programa estão ainda previstos momentos de partilha com a comunidade local e com as famílias dos colaboradores, para os quais as portas da empresa estarão também abertas.

Cada aluno é um potencial candidato

Ainda que a missão principal da Open’Week não seja, à partida, identificar e captar jovens talentos, esse propósito acaba por estar inerente dada a escassez de mão-de-obra qualificada no setor, a qual tem vindo a ser apontada pelo CEO do Grupo Casais, António Carlos Rodrigues, como “limitadora do crescimento da Construção”. Tanto que, na sequência da primeira edição, foram contratados alguns colaboradores, não sendo mais porque a maioria ainda estava longe de terminar a sua formação.
Tal como no ano passado, a iniciativa envolverá uma grande equipa interna, “alguns pela primeira vez”, de 11 empresas do Grupo Casais, nomeadamente: Casais Engenharia e Construção, Undel, Opertec, Quadrina, Carpim | Casais Wood & Metal, Casp, Socimorcasal, CNT, Hidrocnt, Ampere Energy, Homing Homes. 
Os estudantes vão, assim, tomar contacto com um grupo que desenvolve a sua atividade de uma forma integrada, com capacidade de envolver diferentes especialidades num projeto, sempre com o objetivo de oferecer soluções completas aos seus clientes.

Engenharias e processos construtivos são as áreas que suscitam maior interesse

As atividades previstas no âmbito do programa da Casais Open’Week 2018 decorrerão entre a sede do Grupo, em Braga, e as suas instalações em Lisboa. Uma das novidades apresentadas este ano é a disponibilização de workshops abertos a profissionais e alunos do Setor, sendo que o objetivo é a “partilha de conhecimentos técnicos especializados em áreas de interesse para os profissionais e estudantes, que, deste modo, podem acompanhar as tendências do Setor, bem como aprofundar e debater os temas atuais”, adianta Sofia Miranda.
No final de cada dia de atividades, e mediante a resolução de um desafio proposto aos jovens, irão ser sorteados estágios de verão. Segundo a responsável de Recursos Humanos, as áreas de eletricidade, mecânica e produção foram as que suscitaram maior interesse junto dos estudantes na primeira edição, sendo as profissões mais procuradas as de diretor de obra, técnico de condução de obra e técnico de eletricidade e climatização e ar condicionado.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.