19 / Dezembro / 2018

Quarta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Certif conclui 1º semestre com 100 novos clientes

26 de Julho de 2018 às 12:26:03

tamanho da letra:

Empresas

A Certif, Associação para a Certificação de Produtos, superou as previsões de resultados para o primeiro semestre do ano, com a angariação de 100 novos clientes.

Na marcação CE foram emitidos 110 certificados, dos quais 85 relativos a novos produtos e os restantes para extensões de certificados já existentes. Muitos destes certificados destinam-se a processos de exportação.
O sector eléctrico liderou a área da certificação de produtos, onde se registaram cerca de 500 ações (auditorias, inspeções e colheita de amostras) durante o período.
Salienta-se ainda a realização de 100% das ações de acompanhamento previstas e o lançamento de novos esquemas de certificação para o FER – Fim do Estatuto de Resíduo para sucatas de cobre, ferro, aço e alumínio, plástico recuperado e borracha derivada de pneus. Para além disso, a CERTIF foi submetida à ação de acompanhamento anual pelo IPAC.
De notarigualmente que existiam produtos certificados, ou com marcação CE, em 185 categorias diferentes, distribuídos por 48 esquemas de certificação.

 

Evolução dos esquemas e tipos de produtos certificados (inclui marcação CE)

 

Certificação de produtos e serviços

Em comunicado a Certif, refere que “a certificação de produtos teve uma forte atividade com o acompanhamento dos processos, tendo-se realizado perto de 500 ações (auditorias, inspeções e colheita de amostras), ao que se seguiu a realização de ensaios em laboratórios acreditados.”
O setor elétrico manteve-se muito dinâmico, com novas certificações por parte de clientes já existentes. Neste semestre foram certificados ou deu-se início a processos para os seguintes  novos produtos: máquina de cápsulas multi-bebidas para uso doméstico e similar; sistemas de calhas e sistemas de calhas de distribuição livres de halogéneos; novos tipos de cabos de distribuição de energia no sistema 1; certificados CB para novos produtos elétricos.
Pors eu turno, a certificação do serviço das empresas que trabalham com gases fluorados “continua a ser a mais relevante, com mais de 1.150 certificados em vigor”, afirma a Certif. No entanto, continua, “há a realçar o desenvolvimento, e respetiva acreditação, do serviço de manutenção de extintores, com a emissão do primeiro certificado, bem como a criação do novos esquema de certificação FER – Fim do Estatuto de Resíduo, com quatro categorias: sucata de ferro, aço e alumínio, sucata de cobre, plástico recuperado  e borracha derivada de pneus usados, cuja acreditação foi solicitada e onde existem já vários clientes”.

Certificação de processos e de pessoas

Para além do acompanhamento dos processos no âmbito da convenção SOLAS para a certificação da pesagem de contentores, deram entrada novos processos para a certificação de centrais de betão em barragens, trabalhos que a Certif já tem desenvolvido em anos anteriores.
A certificação de pessoas resulta de parcerias com a ADENE, na área das energias renováveis e eficiência energética, e com o CTCV, para auditores de sistemas de gestão da qualidade e ambiente.
No final do semestre estavam válidas 195 certificações nos seguintes domínios: 5 auditores para a norma ISO 9001; 3 auditores para a norma ISO 14001; 51 auditores para a norma ISO 50001; 51 instaladores de janelas eficientes; 6 projetistas de sistemas solares térmicos; 79 projetistas de térmica de edifícios

Marcação CE e certificação de sistemas

Em termos da Marcação CE, a Certif continuou a “alargar a sua atividade, em resposta às solicitações dos clientes, sendo de referir que, para várias normas, a Certif é o único Organismo Notificado nacional no âmbito do Regulamento dos Produtos de Construção que pode oferecer esse serviço às empresas”. No 1º semestre foram emitidos 110 certificados, dos quais 85 relativos a novos produtos e os restantes para extensões de certificados já existentes. Muitos destes certificados destinam-se a processos de exportação.
O âmbito da notificação passou a abranger duas novas normas, uma de madeiras e uma ETA de blocos para sistemas de cofragem. Foram, também, emitidos certificados para novos produtos: monocondutores com bainha (não armado) e condutor de cobre circular classe 1 e classe 2.
Na marcação CE existem clientes na Alemanha, Angola, Chipre, Dinamarca, Espanha, Grécia, Itália, Irão, República Checa, Suíça, Turquia e Reino Unido.
No que repeita à certificação de sistemas, a Certif tem cerca de centena e meia de certificados emitidos, essencialmente, em empresas que integram a certificação dos seus produtos ou serviços.

Relações internacionais

A Certif participou ativamente nas reuniões de associações europeias de que é membro, nomeadamente, IECEE, ETICS e Eurocer-building, bem como nos Operation Staff Meetings da área elétrica.
Enquanto representante dos organismos Notificados Portugueses, participou na reunião semestral do Advisory Board do Group of Notified Bodies e em Sector Groups onde atua.
A Associação realizou igualmente acompanhamentos de certificações em diversos países e apoiou vários clientes no processo de certificação através de reconhecimentos, o que se traduziu, no semestre, num volume de faturação direta de 44% dos serviços prestados.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.