19 / Dezembro / 2018

Quarta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Siemens ganha projeto para construção da subestação da central SOLARA4 no Algarve

19 de Julho de 2018 às 16:59:03

tamanho da letra:

Empresas

A Siemens Portugal vai construir a subestação de alta tensão que permitirá ligar à rede nacional de transporte de energia a SOLARA4, a maior central fotovoltaica não subsidiada da Europa e uma das 20 maiores centrais de energia solar do mundo, que está a ser desenvolvida em Alcoutim, no Algarve.

Este projeto, chave-na-mão, prevê a construção de uma subestação de 400 kV, que irá ligar a central fotovoltaica de 220 MW, localizada no sul de Portugal, à Rede Nacional de Transporte. Recorde-se que a central SOLARA4, que irá estender-se por uma área de 400 hectares, terá uma produção anual de eletricidade de 383 gigawatts, o equivalente ao consumo anual de uma cidade de 130 mil habitantes.
A gestão técnica do projecto da subestação será realizada pela WElink, uma empresa irlandesa especializada em energias renováveis e parceira da China Triumph International Engineering (CTIEC), empreiteiro responsável pela obra.
Fernando Silva, diretor da divisão Energy Management da Siemens Portugal, refere em comunicado que “este projeto demonstra a confiança que os principais players do setor depositam nas nossas equipas”, acrescentando que “foi a nossa expertise, longa lista de referências na área das subestações de alta tensão, engenharia de excelência e experiência de gestão de projetos chave-na-mão que fizeram a diferença neste processo”.
“A experiência, proximidade, engenharia de excelência, qualidade dos equipamentos e o uso de empreiteiros portugueses foram alguns dos argumentos que ponderaram na seleção da Siemens Portugal para a entrega da subestação na modalidade chave-na-mão, decisão essa que foi unânime dentro do grupo WElink. Temos absoluta confiança que a Siemens Portugal entregará um serviço de alta qualidade, em segurança e dentro do timeline acordado”, disse, por seu turno, Hugo Paz, diretor de projetos Iberia da WElink.
O projeto está atualmente na fase de engenharia e aprovisionamento dos principais equipamentos, estando prevista a conclusão da subestação dentro de um ano.
 

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.