18 / Agosto / 2018

Sábado

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

SunEnergy desenvolve projeto inovador na Uartrónica

13 de Março de 2018 às 15:07:27

tamanho da letra:

Empresas

A SunEnergy vai instalar 700 painéis solares na Uartrónica, em Aveiro, fechando assim mais um grande projeto na área do autoconsumo.

O projeto terá a novidade de utilizar um banco de baterias de iões de lítio, que terá a função de Back up em caso de falha de energia e de assegurar a acumulação de energia excedente durante o dia para utilização noturna ou nos períodos em que ela é mais cara, sobretudo nas horas de ponta.
A Uartrónica, empresa que se dedica à industrialização, planeamento, logística, e produção de componentes eletrónicos, irá poupar 40 mil euros e evitar 106 toneladas de CO₂ já no primeiro ano, assegura a Sun Energy em comunicado. “Este projeto, caracterizado pela instalação de 700 painéis solares, 200 kW de potência, é bastante inovador, pois prevê a instalação de um banco de baterias de iões de lítio com 90 kWh de capacidade de armazenamento que terá a função de assegurar a acumulação de energia excedente durante o dia para utilização noturna. Funcionará também como uma UPS solar, que entrará em funcionamento ao ocorrer qualquer falha de energia. Este tipo de baterias de iões de lítio, usadas sobretudo em casas, começam agora a seruma solução viável para as empresas, principalmente no caso de existirem processos críticos que não podem parar”, explica a empresa especializada em soluções de energias renováveis.
“Tem havido uma procura crescente por parte das empresas dos mais variados setores por este tipo de sistemas de autoconsumo, que lhes permitem obter poupanças significativas na sua fatura energética, uma vez que este modelo tem a vantagem de produzir energia quando ela é mais cara para as empresas, precisamente durante o dia, quando existe sol. Energia mais barata significa mais competitividade para as empresas. Hoje em dia, este tipo de investimentos tem rentabilidades superiores a 20/25% ao ano, o que equivale a um payback a rondar os 4/5 anos” diz Rui Oliveira, da SunEnergy.
Por seu turno, Henrique Ferreira, Administrador da Uartrónica, afirma que “este é um investimento fundamental para a Uartrónica. Acaba por ser uma solução “2 em 1” dado que nos permite produzir e acumular energia e, ao mesmo tempo, evitar prejuízos grandes decorrentes das falhas de energia.”

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.