19 / Julho / 2018

Quinta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Teixeira Duarte executa mais uma fase do Hospital CUF Tejo

09 de Março de 2018 às 11:05:08

tamanho da letra:

Empresas

A Teixeira Duarte, Engenharia e Construções foi selecionada pela IMO HEALTH – Investimentos Imobiliários, entidade do Grupo José de Mello Saúde, para a execução da empreitada de construção da obra de estruturas, instalações especiais, acabamentos e arranjos exteriores do Hospital CUF Tejo, em Alcântara, Lisboa.

O prazo previsto para a execução da obra é de 16 meses e o valor total da empreitada está estimado em 52,3 milhões de euros.
Conforme comunicado emitido pela empresa, o contrato de empreitada envolve a execução da estrutura, instalações especiais, acabamentos e arranjos exteriores do novo Hospital CUF Tejo, que contará com seis pisos acima do solo e quatro pisos enterrados. Em causa está uma área bruta de construção de cerca de 73.000m², que compreenderá áreas destinadas a estacionamento nos pisos -4 a -2 e centros de especialidade e serviços nos restantes pisos.
Refira-se que a participação da Teixeira Duarte, Engenharia e Construções neste projeto de grande dimensão começou em 2016, com a fase de escavação, contenção periférica e estrutura até ao Piso 0. O valor global de ambas as empreitadas totalizará 65,4 milhões de euros.
Com 40 anos de experiência no domínio da Saúde em Portugal e no estrangeiro, a Teixeira Duarte, Engenharia e Construções tem no seu portfólio a conceção e construção de mais de 10 unidades hospitalares públicas e privadas, tais como o Hospital Universitário de Coimbra, Hospital Prof. Dr. Fernando da Fonseca (Amadora – Sintra), Hospital de S. Teotónio (Viseu), Hospital Dr. José de Almeida (Cascais).

…e ganha expansão do aeroporto de Salvador

Em simultâneo, a construtora portuguesa anunciou ter conquistado, em consórcio, o contrato de execução de reforma e expansão do aeroporto Internacional de Salvador, no estado da Bahia, no Brasil, no valor de 149,6 milhões de euros.
Segundo comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Teixeira Duarte informa que recebeu no dia 1 de março, da concessionária do Aeroporto Deputado Luís Eduardo Magalhães – assim se designa a infraestrutura –, empresa do Grupo Vinci Airports, o contrato e a respetiva ordem de serviço para a execução da obra, em regime de empreitada integral. O prazo previsto para execução da obra é de 20 meses. A Teixeira Duarte, Engenharia e Construções é líder do consórcio, no qual tem uma participação de 32,99%.
O aeroporto Internacional de Salvador integrou a lista de aeroportos que o Governo Federal decidiu privatizar em 2015. No leilão, a operadora francesa Vinci Airports (parte do Grupo Vinci e que também explora os aeroportos em Portugal) arrematou o aeroporto com lance mínimo de cerca de 149,9 milhões de euros, tendo o contrato de sido assinado em julho de 2017.
O Grupo Teixeira Duarte começou a trabalhar o mercado brasileiro em 2006, data desde a qual mantém importantes operações imobiliárias em São Paulo. Para a empresa, trata‐se de um mercado em que a sua atuação no setor da Construção tem registado um importante crescimento refletido na execução de diversas empreitadas de naturezas diferentes em vários estados deste país, tanto na área da geotecnia e fundações, como das edificações, das infraestruturas e da metalomecânica, destacando‐se a Unidade IV do Complexo Hospitalar de Niterói, no Rio Janeiro e a Reabilitação da Ponte Hercílio Luz, em Florianópolis.



 


 

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.