16 / Novembro / 2018

Sexta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Oliveiras moderniza aproveitamento hidroagrícola da Lezíria Grande de Vila Franca de Xira

05 de Março de 2018 às 10:27:14

tamanho da letra:

Empresas

A Oliveiras, Engenharia e Construção e a Associação de Beneficiários da Lezíria Grande de Vila Franca de Xira assinaram no passado dia 3 de março o auto de consignação da empreitada de Modernização dos Blocos de Rega V e VI do Aproveitamento Hidroagrícola da Lezíria Grande de Vila Franca de Xira.

A cerimónia de lançamento da Primeira Pedra da obra, que decorreu em simultâneo, foi presidida pelo ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, e contou com a presença do Primeiro-Ministro, António Costa.
Em declarações aos jornalistas, o chefe do Governo destacou que o investimento no sector agrícola por meio da modernização e criação de regadios, “é estratégico para o País”, possibilitando responder “ao desafio imposto pelas alterações climáticas”. “Isto melhora a produtividade da nossa agricultura, mas também aumenta a capacidade de reserva e permite uma gestão mais eficiente da água”, afirmou.
A obra entregue à Oliveiras tem um valor de adjudicação de 26,23 milhões de euros e um prazo de execução de 22 meses. O projeto está dividido em dois blocos de rega, o V e o VI, que beneficiará uma área superior a 2.300 hectares de terrenos férteis, onde serão executados 38 quilómetros de condutas com diâmetros compreendidos entre 1400 mm e 125 mm. A empreitada inclui a construção de duas estações elevatórias e respetivos acessos: a estação elevatória da Caliça, situada no rio do Risco e destinada a reforçar o caudal do canal principal com um volume máximo de 12 m3/s, e a estação das Galés, que pressurizará a rede de condutas dos dois blocos de rega. A construção de dois novos pontões, um na estrada do Camarão e outro no interior do perímetro, em Bico do Ruivo, ambos sobre o canal principal, completa a adjudicação
Fundada em 1981, a Oliveiras celebra em 2018 37 anos de atividade. Com 280 funcionários, é a principal empresa do Grupo Oliveiras, constituído ainda pela Gestoliva - Sociedade Imobiliária e pela Oliveiras - Participações e Investimentos SGPS.
Desde sempre sediada no concelho da Batalha, a empresa investiu em 1990 em novas instalações, recentemente remodeladas e ampliadas. Em 2017 adquiriu escritório próprio em Lisboa, no Prior Velho.
Do seu currículo destacam-se obras de diferentes setores e áreas, nomeadamente: abastecimento de águas, ambiente, aproveitamentos hidráulicos, desporto e lazer, edifícios industriais, perfurações, perfurações horizontais tab, reabilitação/renovação de edifícios, redes de gás, requalificações urbanas, saneamento, vias de comunicação e urbanização.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.