19 / Novembro / 2018

Segunda

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Faturação da EFAPEL com crescimento de 18%

15 de Dezembro de 2017 às 16:36:54

tamanho da letra:

Empresas

A EFAPEL, prevê encerrar o ano de 2017 com um crescimento de 18% relativamente ao anterior exercício, o que equivale a vendas na ordem dos 35.5 milhões de euros.

Para os resultados globais, contribuíram em grande parte as exportações, sendo que as vendas para o exterior representam mais de 30% da faturação global e prevê-se que o seu crescimento ascenda aos 20% relativamente a 2016.
O fabricante nacional de aparelhagem elétrica de baixa tensão exporta, atualmente, para mais de 50 países, desde a Europa e África ao Médio Oriente e América Latina. O continente europeu foi o principal destino das exportações da empresa durante o exercício.
A empresa de Serpins, recorde-se, tem uma subsidiária (a EFAPEL - Soluciones Eléctricas, SL) em Espanha (Salamanca), criada em 2015, que representa a concretização do desígnio da internacionalização com presença no país vizinho. “Essa opção estratégica decorre do ambiente económico favorável existente em Espanha e também do bom desempenho da EFAPEL nos anos recentes neste mercado, para o qual vende 1/3 de toda a sua exportação”, afirma-se em comunicado. 
A EFAPEL explica o elevado crescimento perspectivado para a globalidade do exercício com “a melhoria da imagem da marca e aumento do mercado. O consumidor consolidou mais a percepção dos produtos EFAPEL na sua excelente relação entre qualidade, preço e serviço, em comparação com a generalidade da oferta no mercado”, conclui-se no mesmo comunicado.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.