15 / Dezembro / 2017

Sexta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Garcia Garcia e Predibisa juntas em projeto de novas instalações da Nacex

24 de Novembro de 2017 às 15:44:32

tamanho da letra:

Empresas

A Garcia, Garcia executou para a Nacex Portugal, empresa de transporte expresso pertencente à multinacional espanhola Logista, o projeto de design and build de um novo centro no Grande Porto.

O complexo permitirá à transportadora reforçar a sua atividade no norte do País ao possibilitar o apoio aos centros de distribuição da empresa nesta região. Trata-se de mais um projeto chave-na-mão da construtora portuguesa e mais um que resulta de uma parceria com a consultora imobiliária Predibisa.
A nova unidade, localizada em Água Longa, Santo Tirso, beneficia de excelentes acessibilidades e vias rodoviárias que lhe permitem chegar rápida e facilmente às principais centralidades urbanas do Grande Porto, bem como ao Aeroporto Francisco Sá Carneiro, ao Porto de Leixões e outros portos de mercadorias nacionais, fator determinante para a atividade uma empresa de transporte expresso.
“Potenciar uma resposta rápida e eficiente, permitindo à empresa reforçar e otimizar a eficiência da sua operação na região norte, é o objetivo principal da construção da nova plataforma concluída na semana passada”, afirma-se em comunicado.
“O know-how  técnico da Garcia, Garcia neste tipo de edifícios foi determinante para o desenvolvimento da nova unidade da Nacex. Este projeto vem enriquecer o nosso portefólio de plataformas logísticas desenvolvidas nos últimos anos e foi um grande desafio alcançado num prazo exigente”, diz Miguel Garcia, administrador da construtora nacional, no mesmo comunicado.
Por sua vez, João Leite Castro, responsável pelo departamento industrial da Predibisa, acrescenta que, “após uma intensa busca do local ideal em termos de acessibilidades, layout e valores entre Maia e Santo Tirso, a Predibisa envolveu a Garcia, Garcia para propor um projeto chave-na-mão. Assim nasce o projeto em Santo Tirso, que vem responder a todas as necessidades do cliente.”
De referir que este é mais um projeto chave-na-mão que resulta de uma parceria entre a Garcia, Garcia e a Predibisa. Já anteriormente as duas empresas foram responsáveis por ajudar a fixar investimento estrangeiro no País, assegurando projetos para multinacionais como a fábrica da Eurocast, em Arcos de Valdevez, e a segunda fábrica da WEG em Portugal (Santo Tirso).

Linguagem arquitetónica versus desafios de engenharia

A fase conceptual e o design do projeto tiveram em linha de conta a “linguagem arquitetónica, que se inspirou num dos objetivos funcionais do edifício: correio e encomendas. Desta forma, a arquitetura materializou-se num edifício como uma caixa de encomenda perfeitamente definida, rasgada num dos cantos, onde foram instaladas as áreas administrativas e sociais”, explica-se no mesmo comunicado.
Sendo a ideia base do edifício um volume compacto e sólido, como uma encomenda, a engenharia acompanhou o conceito, definindo uma solução estrutural pré-fabricada em betão e com um revestimento perimetral em painéis de betão.
As laterais do edifício foram equipadas com 30 cais de carga para carrinhas, enquanto num topo do edifício foram instalados dois cais para pesados.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.