18 / Novembro / 2017

Sábado

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Teixeira Duarte constrói segundo edifício de apartamentos turísticos da Almaria

18 de Setembro de 2017 às 16:42:42

tamanho da letra:

Empresas

A marca Almaria - Edifícios com História inaugurou um novo edifício de 15 apartamentos para arrendamento de curta duração, reabilitando um edifício pombalino onde outrora se encontrava o Palácio Corte Real, um majestoso palácio lisboeta.

O segundo projeto turístico da empresa, denominado Edifício da Corte, está localizado no Chiado e posiciona-se no segmento turístico premium.
O edifício, situado na Rua e Calçada do Ferragial, junto à Cerca Fernandina, foi alvo de um profundo processo de reabilitação. Este prédio, outrora abandonado e em avançado estado de decadência, é hoje devolvido à cidade com 15 apartamentos de tipologias diferenciadas (loft, T1 e T2), divididos por 6 pisos, com áreas de 50 a 128 m2 e uma capacidade total de 77 camas. Cada apartamento possui o nome de um rei ou de uma rainha portugueses e tem a sua decoração inspirada nessas personalidades históricas, com vários elementos e pormenores a remeterem para a memória da casa.
Inspirando-se na narrativa da Corte e dos palácios reais, a decoração, a cargo da arquiteta Catarina Cabral, reproduz apontamentos decorativos de outras épocas. Os espaços foram ainda engrandecidos com recriações contemporâneas, com destaque para as assinaturas e os brasões reais desenhados nas paredes dos apartamentos e o lustre “da Corte” situado no foyer do edifício, da autoria de artistas plásticos portugueses como o atelier de design de Catarina Portas e Cláudia Gama.
Com uma área total de 1.654 m2 este imóvel foi comprado pela Parimob, S.A., empresa do mesmo grupo, no final de 2014. O projeto de arquitetura é da autoria de Ana Costa, tendo a obra estado a cargo da construtora Teixeira Duarte.
A Almaria, refira-se, dedica-se à gestão e à operação turística de edifícios antigos reabilitados, seguindo o compromisso de preservar o património histórico e cultural da cidade. A marca Almaria-Edifícios com História foi apresentada em janeiro de 2016 com o lançamento do Edifício Ex-líbris, composto por 18 apartamentos, sendo esse o primeiro dos quatro imóveis do grupo em Lisboa todos localizados nas áreas do Chiado, do Corpo Santo e de Santos, num investimento global superior a 15 milhões de euros. Os edifícios estão posicionados para uso residencial e turístico e contêm particularidades ambientais que permitem adaptar a reabilitação urbana a premissas sustentáveis.
A marca Almaria integra, para além do Edifício Ex-líbris (localizado na Rua da Misericórdia e em funcionamento desde 2016) e do Edifício da Corte (recém-inaugurado), o Officina Real (na Rua do Loreto e a inaugurar em breve) e o Edifício Bica dos Olhos (na Rua da Boavista, no Bairro da Bica) em fase final de comercialização. A oferta integral da Almaria ascende atualmente a cerca de 60 apartamentos - tipologias T1 a T3 e lofts, dos quais cerca de 45 estão destinados à exploração turística, através da marca Almaria, Edifícios com História. 

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.