24 / Setembro / 2018

Segunda

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Gabriel Couto conquista mercado hondurenho

19 de Abril de 2017 às 12:06:55

tamanho da letra:

Empresas

A Gabriel Couto anunciou a sua entrada no mercado da América Latina, com um novo projeto internacional nas Honduras, que vem reforçar a carteira de encomendas da construtora portuguesa em cerca de 80 milhões de euros.

“A Gabriel Couto está cada vez mais focada na sua internacionalização, sem descurar o mercado doméstico”, diz Carlos Couto, CEO da construtora

 
No âmbito da diversificação geográfica que tem vindo a seguir, a empresa assinou o contrato "Construcción de las Obras para la Rehabilitación de la Carretera de Occidente", a executar na região de Copán, Honduras.
As empreitadas foram adjudicadas pelo Estado hondurenho, através da Secretaria de Infraestruturas e Serviços Públicos. São 82 km de reabilitação, com um pavimento concreto hidráulico com uma espessura de 20 cm para melhorar as secções existentes nas faixas de rodagem e aumentar a largura das referidas vias.
Refira-se que, em 2016, cerca de dois terços do volume de negócios da construtora de Vila Nova de Famalicão (101 milhões de euros) foram realizados no continente africano.
No entanto, a empresa tem selecionado mercados estáveis e menos disputados do continente americano para aprofundar a vocação internacional. Daí ter também já apresentado propostas em concursos na Colômbia e Costa Rica. Apesar de não descurar novas oportunidades na América Latina, esta empresa portuguesa continua a ter no radar novos mercados africanos.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.