23 / Maio / 2018

Quarta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Agremarco responsável por obra de mais de 1,8 milhões de euros

14 de Março de 2017 às 15:03:57

tamanho da letra:

Empresas

A AGM – Agremarco – é a empresa responsável pela execução do Gobalio Gardens, uma nova categoria de equipamento privado que vai surgir em maio, na Área Metropolitana do Porto.

“Trata-se de um empreendimento destinado à organização e gestão de eventos particulares empresariais e institucionais que implica um investimento superior a 1,8 milhões de euros”, explica aquela empresa em comunicado.
Com uma área total de 12 mil m2, a nova estrutura localiza-se no concelho da Maia, a menos de um quilómetro do Aeroporto Francisco Sá Carneiro, beneficiando, assim, de acessos e comunicações aos principais eixos rodoviários.
O projeto, da responsabilidade do arquiteto Hugo Silva, assenta na reabilitação de uma moradia, a que se juntam dois novos edifícios, nomeadamente um salão de eventos e um pavilhão de serviços, “que estarão dotados das mais modernas tecnologias”. A intervenção está também a ser realizada nos arranjos exteriores, que interligam os edifícios à área dos jardins, aos percursos pedonais que rodeiam a quinta, ao anfiteatro natural virado para um lago recreativo e, ainda, a um heliporto.
A estrutura inicial, em fase de adaptação, é uma moradia com 220 m2, totalmente equipada com sala, bengaleiro e suítes para hospedagem. Por sua vez, o espaço multifunções compreende uma nave de 420 m2 totalmente climatizada, que permite diversas soluções de layout interior. O salão é ladeado por espelhos de água, inclui piscina aquecida no pátio interior e uma área onde poderão ser feitas projeções de vídeos com som integrado. Já o pavilhão de serviços, com uma área de 430 m2, inclui uma sala de degustação, balneários e uma cozinha para a realização dos serviços de catering com a capacidade para fornecer 300 refeições em simultâneo.
Pensado para ser adaptado a qualquer tipo de evento, espetáculo ou conferência, o Globalio Gardens aposta num pé-direito mínimo de 3,5 m nas áreas comuns de vão livre (sem pilares), que, aliado às caixilharias com a mesma altura, permite um contacto visual com toda a envolvente da quinta, em harmonia com a topografia natural do terreno.
Em termos de acessibilidade, “este novo equipamento foi projetado para garantir todas as necessidades, o que o torna num dos poucos com certificação e com condições únicas de conforto para pessoas com mobilidade reduzida”, refere a Agremarco. O Globalio Gardens dispõe ainda de parque de estacionamento privativo, com capacidade para 65 lugares.
Sediada em Braga, a Agremarco - AGM  nasceu em 2011 e apostou logo na internacionalização, nomeadamente na Bélgica, onde a empresa portuguesa tem crescido em velocidade cruzeiro.
A construtora aposta numa solução integrada de serviços, - desde estruturas de betão, alvenarias interiores, alvenarias de fachada em tijolo face à vista e revestimentos hidráulicos, pétreos e cerâmicos -, contando com uma equipa de mais de 100 colaboradores.
Com um portefólio considerável de obras na Bélgica, nomeadamente na área das residências de assistência geracional, instituições de ensino e edifício de escritórios, a AGM ganhou em 2015 a obra de  remodelação do primeiro entreposto da transportadora belga nacional. Tratou-se de uma experiência piloto, que arrancou em 2015 e termina este ano.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.