19 / Outubro / 2018

Sexta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Secil junta “o melhor do futuro ao melhor do passado”

11 de Abril de 2016 às 10:51:16

tamanho da letra:

Empresas

“O segmento da Reabilitação e Renovação apresenta uma clara tendência de crescimento no quadro da construção nacional.

A Secil tem um compromisso com o futuro. Por isso, acreditamos que ajudando a preservar o passado conseguimos melhorar o futuro, com as soluções e os materiais que criamos no presente”.
A empresa, que estará presente na Tektónica 2016, de 4 a 7 de maio, descreve assim a sua postura no mercado e destaca a sua aposta em “materiais avançados, duráveis e compatíveis com as estruturas existentes e sempre mais sustentáveis”. Desde o reforço sísmico de fundações e estruturas à eficiência energética, os nossos materiais fazem parte da solução, sublinha a empresa em comunicado.
“A Reabilitação Urbana é uma nova área de excelência na construção. O cimento constitui o material fundamental para aplicação de betão estrutural para o reforço sísmico, imprescindível na requalificação de edifícios antigos. A sua elevada resistência assume também importância nas novas soluções técnicas de renovação com produtos que têm por base o cimento”. A preservação patrimonial do edificado, a proteção ambiental e arquitetónica dos centros urbanos e a melhoria da qualidade de vida da população residente em edifícios reabilitáveis são relevantes orientações estratégicas na reabilitação urbana. A Secil contribui para estas metas, pois acredita que é preservando as fundações do passado que se pode construir um futuro melhor para as próximas gerações”, salienta a empresa no mesmo documento.
A produção de cimento, recorde-se, é o principal negócio do Grupo Secil, que integra também um vasto conjunto de empresas que atuam na fileira do cimento, mais concretamente na área do betão pronto, inertes, prefabricação em betão, cal hidráulica, argamassas industriais, entre outros. O Grupo Secil consolidou-se em Portugal e está também presente no Líbano, na Tunísia, em Angola, em Cabo Verde e no Brasil.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.