26 / Maio / 2018

Sábado

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Impulsionada pelo autoconsumo, SunEnergy cresce 30% em 2015

29 de Janeiro de 2016 às 15:13:48

tamanho da letra:

Empresas

A faturação da SunEnergy, empresa da área das energias renováveis, cresceu 30% em 2015, em relação ao ano anterior.

“Para este crescimento, muito contribuiu a nova lei do autoconsumo, a qual nos deu a oportunidade de levar a cabo diversos projetos de grande envergadura em todo o país”, afirma Raul Santos, diretor-geral da SunEnergy.
“Como exemplos temos uma Unidade de Produção em Autoconsumo constituída por 720 painéis fotovoltaicos para produção de energia elétrica a partir do sol, que será integralmente consumida pelo Hotel MH_Peniche, um novo hotel do MHgroup. Um outro projeto de autoconsumo, na empresa Natural Stone com 816 painéis e um outro na Moviroma, com 300 painéis, e outro ainda nos Bombeiros Voluntários de Cuba, com 140 painéis. Para além destes, projetámos e executámos um sistema de autoconsumo na Fábrica de Arroz Gatões, parte da Cooperativa Agrícola de Montemor-o-Velho, entre muitos outros projetos”, continua o responsável pela empresa sedeada em Coimbra.
“Os últimos anos têm sido economicamente desafiantes para nós, tal como para a maioria das empresas portuguesas, pelo que sabemos que é essencial poupar em alguns aspetos para garantir a sustentabilidade. Queremos continuar a mostrar às empresas e às famílias que o investimento em energia solar compensa economicamente, para além de ter claros benefícios ambientais”, conclui Raul Santos.
A empresa espalhou ainda a sua mensagem por diversos eventos com larga afluência de visitantes como a Ovibeja, Expofacic ou Festa das Colheitas de Vila Verde. Também na sua nova sede em Coimbra, a SunEnergy deu a conhecer as suas soluções e sobretudo as vantagens da energia solar, oferecendo workshops a todos os interessados e discutindo frequentemente as novidades e desafios do setor das energias renováveis com os parceiros das suas delegações de Braga, Cascais/Sintra, Coimbra, Mafra, Ponte de Sôr e Setúbal.
Em 2016, a SunEnergy está apostada em chegar a um volume de negócios de 1,8 milhões de euros, pretendendo continuar a aumentar o número de delegações, para cumprir o objetivo de chegar às dez, com especial incidência em zonas como Porto, Algarve, Baixo Alentejo ou Beira Interior.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.