24 / Junho / 2018

Domingo

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Siemens participa na renovação do Teatro Tivoli

01 de Fevereiro de 2016 às 16:45:35

tamanho da letra:

Empresas

A Siemens foi uma das empresas que apoiou a renovação do Tivoli, um dos teatros mais antigos e emblemáticos de Lisboa, como parceira para a área tecnológica.

No âmbito desta remodelação, a empresa ofereceu uma parte do Sistema de Gestão Centralizado de Comando e Controlo do edifício. O fornecimento incluiu igualmente Sistemas de Proteção e Segurança, que abrangeram os sistemas de deteção de incêndio, de intrusão e roubo e Quadros Elétricos de Baixa Tensão da Siemens.
Com uma perspectiva “Business to Society”, a multinacional alemã, presente em Portugal há 110 anos, acredita que o negócio só faz sentido se estiver ao serviço da sociedade. E esta estratégia pode focar várias áreas: a educação, o ambiente, a solidariedade ou, igualmente importante, a cultura.
“Não consideramos o apoio à cultura um gasto, mas sim um investimento em algo crítico para o nosso desenvolvimento enquanto sociedade”, afirmou Joana Garoupa, diretora de comunicação da Siemens.
O hoje conhecido como Cine Teatro Tivoli BBVA nasceu em 1924, pelo sonho de Frederico de Lima Mayer, sendo o projeto concebido por Raul Lino. Depois de várias tentativas de transformação em hotel ou espaço comercial, o edifício foi considerado Monumento de Interesse Nacional já em 2015, passando a ser o único monumento português, privado, dedicado às artes.
Recorde-se que, já por diversas vezes, a Siemens foi o parceiro tecnológico de eleição de importantes infraestruturas culturais portuguesas, das quais fazem parte, por exemplo, o Centro Cultural de Belém e a Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, ou a Casa da Música, no Porto.
 
Sistema de Gestão Centralizado de Comando e Controlo da Siemens
 
O Sistema de Gestão Centralizado de Comando e Controloresulta da combinação correta de todos os subsistemas de proteção e segurança de um edifício, com o sistema de automação e gestão técnica, permitindo alcançar uma maior eficiência energética, bem como aumentar a segurança através da gestão e tratamento de alarmes de perigo. Esta solução permite ainda uma operacionalização e gestão centralizadas, de forma coordenada e integrada, de todos os equipamentos e sistemas, assegurando a sua utilização de uma forma coerente, bem como a realização de interações automáticas entre os diferentes componentes.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.