19 / Novembro / 2019

Terça

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Obras do novo Quartel da GNR de Fafe a bom ritmo

27 de Março de 2015 às 10:48:26

tamanho da letra:

Empresas

A NVE, responsável pela empreitada de construção das novas instalações do Destacamento Territorial da Guarda Nacional Republicana de Fafe, que tiveram início em dezembro de 2014, afima que a obra está a decorrer a bom ritmo.

A obra é fruto de um protocolo entre o município de Fafe, a Direção Geral de Infraestruturas e Equipamentos do Ministério da Administração Interna e a GNR e representa um investimento superior a 1,7 milhões de euros.
A cerimónia de lançamento da primeira pedra no novo Quartel da GNR de Fafe decorreu no dia 6 de dezembro de 2014 e contou com a presença do secretário de Estado Adjunto da Ministra da Administração Interna, Fernando Alexandre, e do presidente da Câmara Municipal de Fafe, Raul Cunha, entre outras presenças. Na altura, o secretário de Estado afirmou que esta é uma das “maiores obras que será iniciada no Ministério da Administração Interna”.
O novo edifício irá ocupar a área onde funcionou uma antiga escola e aproveitar um edifício centenário contíguo, numa atitude de valorização e de respeito pelo mesmo, com uma linguagem arquitetónica formalmente simples e linear. O edifício surgirá, portanto, no seu alçado principal (sul), voltado para a Rua Serpa Pinto, como sendo um edifício de rés-do-chão. O corpo situado a norte do terreno e voltado para o parque terá um andar, no entanto, o mesmo surge com um afastamento ao arruamento principal que retirará qualquer impacto visual que o mesmo pudesse ter relativamente ao edifício centenário e à envolvente.
As obras decorrem a excelente ritmo, tendo a NVE já executado a demolição do edifício da antiga escola, demolição do edifício pré-fabricado existente, escavações e terraplanagens, execução do piso térreo, laje de teto da cave em lajes maciças e lajes aligeiradas, muros de suporte em betão armado e sua impermeabilização. Neste momento, prosseguem os trabalhos de estrutura de betão armado, de modo a completar os 3.000 m2 de área total.
Estas novas instalações visam a centralização de diversos núcleos operativos num mesmo edifício, melhorando a interação e a comunicação entre os mesmos, nomeadamente o Posto Territorial, Destacamento, Núcleo de Investigação Criminal, Serviços de Proteção da Natureza e Ambiente.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.