22 / Setembro / 2019

Domingo

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Ramos Catarino reforça implantação ibérica com duas novas obras

19 de Março de 2015 às 16:32:47

tamanho da letra:

Empresas

A Ramos Catarino está a participar na construção de um resort de luxo em Maiorca, nas ilhas Baleares, e também tem a seu cargo as obras de remodelação de num Centro Comercial em Tenerife, nas Canárias.

A obra situada em Maiorca envolve um complexo turístico com uma área de 5 h, que inclui um hotel de 5 estrelas superior, dezenas de villas, piscinas, spa-fitness, restaurantes, salas de conferências, campo de golfe e outros equipamentos.
Trata-se de um investimento na ordem dos 100 milhões de euros que deverá criar cerca de 800 postos de trabalho, diretos e indiretos, e cuja abertura está prevista para o próximo ano.
Outra obra de vulto agora iniciada pela Ramos Catarino em Espanha é a remodelação de um Centro Comercial, em Santa Cruz de Tenerife.
Trata-se de uma estrutura que ocupa uma área total de 237 mil m2, dos quais 71 mil m2 são zona de estacionamento, 5.900 m2 são esplanadas, enquanto o edifício comercial propriamente dito tem uma superfície de 46.400 m2.
A obra adjudicada à Ramos Catarino inclui a reabilitação das áreas comuns, bem como das esplanadas da restauração, implicando demolições, montagem de estruturas metálicas e em madeira, substituição de pavimentos, divisórias, tetos, pinturas, instalações elétricas e outros elementos, tais como mobiliário e decoração.
Apesar da grandeza e da complexidade da obra (atendendo a que o Centro Comercial está em funcionamento), prevê-se que os trabalhos fiquem concluídos já no final do próximo mês de maio.
Para além destas duas obras nas regiões insulares, a Ramos Catarino tem neste momento em curso outras obras de relevo no território continental de Espanha.
Em Portugal, a Ramos Catarino tem também em curso diversas obras, com destaque para a reabilitação da Basílica de Nª Sª do Rosário de Fátima, a construção da nova Embaixada do Egipto em Lisboa, a Residência dos Álamos (na Cidade Universitária de Lisboa), hotéis, unidades do sector de enologia e enoturismo, supermercados, unidades logísticas, unidades de saúde e estabelecimentos de ensino.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.