15 / Dezembro / 2019

Domingo

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Grupo Sika cresce 13% em 2014

03 de Março de 2015 às 17:02:02

tamanho da letra:

Empresas

O grupo suíço Sika registou vendas globais de 5,2 mil milhões de euros em 2014, um resultado histórico que corresponde a um crescimento de 13% face ao ano anterior, revela o relatório financeiro de 2014, agora tornado público.

“O nosso recorde no ano 2014 é resultado da nossa estratégia de continuidade, bem como do empenho dos nossos 16.895 funcionários que, com a sua energia, permitiram que a Sika passasse ao próximo nível”, afirma Jan Jenisch, CEO do grupo Sika.
A região EMEA (Europa, Médio Oriente e África), onde se insere Portugal, registou um crescimento de vendas de 13,3% relativamente a 2013, graças à recuperação dos mercados do sul da Europa, preponderantes para o impacto positivo da região.
Em Portugal, a Sika esteve em linha com o desempenho internacional do grupo, com as vendas a crescer 7,5% face a 2013 no que às vendas diz respeito.
Quanto às restantes zonas geográficas da América do Norte, Ásia/Pacífico e América Latina, os resultados subiram 7,9%, 12,9% e 16%, respetivamente.
No ano de 2014, para fazer face ao “exponencial ritmo de crescimento”, a companhia suíça Sika abriu 6 novas fábricas – Brasil, México, Indonésia, Singapura, Índia e Sérvia (tendo mais duas em carteira para abrir nos Estados Unidos da América), lançou 79 novas patentes e um grande número de novos produtos.
A Sika abriu ainda mais 6 filiais em todo mundo, mais concretamente no Sri Lanka, Bósnia Herzegovina, Albânia, Moçambique, Costa do Marfim e Nigéria.
Com um EBIT a rondar os 593 milhões de euros, “a Sika continua em franca expansão, tendo como objetivo para 2015 um crescimento das vendas entre 6 a 8%”, conclui o comunicado.
 

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.