13 / Outubro / 2019

Domingo

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Grupo Cosentino celebra êxito da Bienal de Arquitetura de Veneza

28 de Novembro de 2014 às 16:11:36

tamanho da letra:

Empresas

O Grupo Cosentino fez a sua estreia na Bienal de Arquitetura de Veneza como patrocinador técnico do Pavilhão de Veneza, representado pelo arquiteto Daniel Libeskind.

Libeskind escolheu a superfície ultracompacta Dekton® by Cosentino para o acabamento da escultura exterior que compõe a criação Sonnets in Babylon. O arquiteto confiou neste novo material “devido às suas propriedades técnicas superiores, como alta resistência mecânica, alta resistência ao risco e aos raios ultravioletas, reduzida absorção de água, muito boa estabilidade ao calor, resistência ao gelo e ao degelo”, explica em comunicado.
A escultura, com os seus 5,5 metros em forma de eixo inclinado e acabamento com a superfície ultracompacta Dekton® by Cosentino, foi contemplada por mais de 228.000 visitantes nos Giardini della Biennale di Venezia durante 6 meses.
A forma geométrica da escultura faz referência ao desenvolvimento do eixo como elemento fundamental no desenho arquitetónico. O acabamento em Dekton® by Cosentino da escultura em “X” apresenta uma fachada ventilada que envolve toda a obra, utilizando o sistema “Rediwa CAT 1”, da firma Wandegar. No total, foram utilizados 65m2 de Dekton® para o revestimento e 15m2 de Dekton® para o pavimento, em mais de 50 peças de diversos tamanhos, a maior de 2,55m x 1,40m, com uma espessura de 12mm.
O revestimento e o pavimento apresentam-se na mesma cor, Keranium, que se assemelha a uma estética industrial.
“A nossa participação na Bienal de Arquitetura de Veneza foi uma experiência extraordinária e enche-nos de orgulho colaborar com uma das organizações mais prestigiosas do mundo”, afirma Santiago Alfonso, diretor de Marketing e Comunicação do Grupo Cosentino. “O projeto Sonnets in Babylon fortaleceu a nossa relação com o Daniel Libeskind, uma relação que continua ano após ano a alcançar metas cada vez mais altas. No caso da Bienal de Veneza, oferecemos a nossa contribuição a um entorno vanguardista de investigação e promoção das novas tendências de arte”, conclui aquele responsável.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.