22 / Outubro / 2019

Terça

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Somague ganha obras de 186 milhões de euros em Moçambique e Brasil

06 de Outubro de 2014 às 10:58:15

tamanho da letra:

Empresas

A Somague Engenharia ganhou cerca de 186 milhões de euros em duas novas obras no Brasil e em Moçambique.

No Brasil, a construtora reforçou a sua presença ao ganhar, em consórcio com a Galvão Engenharia e a SA Paulista, a execução do Lote 1 do trecho Vila Prudente - Dutra - Linha 2 - Verde, para a Companhia do Metropolitano de São Paulo (METRÔ).
O contrato, no valor de cerca de 490 milhões de euros, representa um acréscimo de mais 163 milhões de euros na carteira de encomendas da Somague Brasil", assegura o jornal “Económico” com base num documento da construtora a que terá tido acesso.
Segundo o mesmo órgão de comunicação, “o contrato de construção terá a duração de 77 meses e engloba a execução de um túnel de metro em via dupla com uma extensão de 7.800 metros e diâmetro de 11,65 metros.
O contrato inclui ainda a construção de duas estações, cinco poços de ventilação e superestrutura de via permanente.
Em Moçambique, o Ministério do Trabalho, através do Instituto Nacional de Segurança Social - INSS, com fundos do Governo Moçambicano, lançou o concurso para a construção de um edifício de 20 pisos no centro da Cidade de Maputo - cruzamento das Avenidas 24 de Julho e Vladimir Lenine- , tendo a obra sido adjudicada à Somague Moçambique, pelo valor de cerca de 23,1 milhões de euros, para um prazo de execução de 22 meses.
O edifício em referência terá vertentes de comércio, serviços/escritórios e habitação, explica o “Económico”.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.