15 / Dezembro / 2019

Domingo

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Sika aumenta vendas em 18% para 2,6 mil milhões

01 de Setembro de 2014 às 16:48:30

tamanho da letra:

Empresas

A Sika registou vendas na ordem dos 2,6 mil milhões de euros no primeiro semestre de 2014, um amento de 18,1% no seu resultado global, face ao período homólogo anterior.

A Europa, Médio Oriente e África foram as regiões que registaram um maior crescimento durante os primeiros seis meses do ano, com um aumento de 21,7% relativamente ao mesmo período em 2013.
As melhores perspetivas para o mercado da construção, que se traduziram num aumento significativo na Alemanha e no Médio Oriente e numa melhoria moderada nos países do sul da Europa, tiveram um impacto positivo no desempenho destas regiões, afirma a empresa em comunicado.
“A expansão acelerada dos mercados em crescimento, os investimentos em novas fábricas, as aquisições que fizemos e o lançamento de novos produtos, colocou-nos firmemente numa rota de sucesso”, afirma o CEO da Sika, Jan Jenisch.
O continente asiático foi o segundo com maior crescimento nas vendas, com 18,1% de aumento face a 2013, e com a China, Japão, Indonésia e Austrália a registarem crescimentos a dois dígitos.
Também a crescer dois dígitos na maioria dos seus países está a América Latina, com um aumento de 16,8% nas vendas.
A região com menor aumento nas vendas, devido ao mau tempo durante o inverno, que obrigou a que alguns projetos fossem atrasados e que só agora estejam a iniciar, foi a América do Norte que, ainda assim, aumentou 6,5%.
Com investimentos em mercados emergentes, lançamento de novos produtos e empresas recentemente adquiridas, as perspetivas da Sika até ao final de 2014 são de um crescimento entre os 9 e os 11% face a 2013.
 

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.