19 / Setembro / 2019

Quinta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Lucios reforça presença no setor hoteleiro e encaixa 7 milhões

26 de Setembro de 2013 às 17:09:54

tamanho da letra:

Empresas

A Lucios é a construtora responsável pela conversão do edifício ‘Bolsa do Pescado’, em Massarelos (Porto), num hotel de 4 estrelas, um projeto que proporcionou à empresa um encaixe de 7 milhões de euros e que deverá estar terminado em outubro de 2014.

Com vista para o rio Douro, o Hotel Bolsa do Pescado, propriedade do Grupo Nelson Quintas, vai oferecer 95 quartos, um restaurante, um bar, três salas de reunião e um ginásio à cidade do Porto.
Para Filipe Azevedo, administrador da construtora, a escolha da Lucios para esta obra é mais uma vez reconhecimento do trabalho que a empresa tem vindo a assumir, em particular no setor hoteleiro. “Acreditamos que o forte know-how que temos vindo a assumir na reabilitação de edifícios, com particular destaque para o setor hoteleiro, e a nossa constante preocupação em garantir o conforto e a qualidade, sem perder de vista as características arquitetónicas já existentes, nos distinguem da concorrência”, explica o responsável.
Na execução deste projeto, desenvolvido pelo arquiteto José Carlos Cruz, a construtora procura aliar o passado industrial ao conforto fundamental num projeto desta envergadura.“A fachada da Bolsa do Pescado, concebida pelo arquiteto Januário Godinho, não vai sofrer qualquer alteração, preservando os baixos relevos que lembram os episódios da vida piscatória”, revela o administrador da construtora.
No interior do edifício, apenas a zona do antigo frigorífico será demolida e totalmente redesenhada para instalar a maioria dos quartos. “Este edifício era também conhecido como ‘frigorífico do peixe’e é precisamente na sua nave central, onde se vendia o peixe, que irá nascer a receção do hotel. A galeria, que servia de palco à licitação pelos compradores, dará lugar ao bar. As janelas e painéis de vidro serão restaurados, conferindo mais luz ao edifício”, acrescenta Filipe Azevedo.
Ainda no segmento turístico, recorde-se que a Lucios foi responsável pela construção do Hotel Intercontinental, na baixa da cidade do Porto, e do Hotel Hilton Bom Sucesso, em Óbidos, bem como pela conversão do antigo cinema Águia D’Ouro em hotel low-cost (cadeia francesa B&B), entre outros.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.