25 / Agosto / 2019

Domingo

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Mota-Engil ganha contratos superiores a 400 milhões na América Latina

26 de Agosto de 2013 às 17:08:02

tamanho da letra:

Empresas

A Mota-Engil comunicou à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) a adjudicação de novos contratos no valor aproximado de 400 milhões de euros, repartidos pelos mercados do Brasil, Peru, México e Colômbia.

Comentando o crescimento da representatividade da região da América Latina no total da atividade do Grupo, Gonçalo Moura Martins, CEO do Grupo Mota-Engil, afirma que “a Mota-Engil tem apostado de forma significativa na América Latina, sendo as adjudicações anunciadas o resultado desse trabalho desenvolvido pelos responsáveis da Mota-Engil na região, permitindo hoje afirmar a atuação claramente multinacional do Grupo e cada vez mais equilibrada entre regiões, o que permite, no seu conjunto, reforçar a sustentabilidade e a criação de valor a nível global na organização.”

Adjudicações de cerca de 240 milhões de dólares (185 milhões de euros no Brasil)

Segundo uma nota distribuída à imprensa, a empresa assegurou a adjudicação de uma obra no Brasil, em consórcio com a sua participada Empresa Construtora do Brasil (ECB) e a Engesur, no valor de 165 milhões de euros. O projeto consiste na execução de trabalhos de duplicação, melhoramentos e ampliação de capacidade e segurança do Lote 7 da Rodovia BR-381/MG (Norte), no Estado de Minas Gerais, numa extensão de 37,5 km.
A este contrato acresce um outro de 20 milhões de euros, relativo ao projeto rodoviário de ligação de Pimenta-Guapé, também em Minas Gerais, na rodovia BR-265.
Gonçalo Moura Martins afirma a propósito que “a obtenção destes contratos vem posicionar a Empresa Construtora do Brasil (ECB) no patamar das empresas de média de dimensão com competências técnicas nos mais diversos segmentos de Engenharia que podem, assim, contribuir para o desenvolvimento de um país de enorme potencial como é o Brasil". O responsável acrescenta ainda que “o percurso sólido e muito criterioso que o Grupo tem promovido no Brasil leva-nos a acreditar que estamos no caminho certo e com parcerias que nos permitem assumir um crescimento sustentado dentro do que são os nossos objetivos estratégicos.” Recorde-se que a Mota-Engil adquiriu, no final de 2012, uma participação maioritária na empresa ECB, com sede em Minas Gerais.

Diversificação no Peru reforçada

No Peru, por seu turno, a Mota-Engil assegurou a adjudicação de projetos num total de 134 milhões de euros, repartidos pelas áreas de trabalhos de mineração, principal atividade do Grupo neste mercado, obras públicas e construção civil.
Naquele que é o seu principal mercado na América Latina, o Grupo Mota-Engil viu serem-lhe adjudicados trabalhos no valor de 65 milhões de euros por parte da companhia mineira Cerro Verde, bem como contratos com o Ministério dos Transportes e Comunicações peruano, para a manutenção de estradas por um período de 5 anos num valor total de 57 milhões de dólares, e com clientes privados, para a edificação de projetos residenciais, escritórios e serviços.

65 milhões de euros em novos contratos no México

A Mota-Engil anunciou ainda que lhe foram adjudicados vários contratos no México, num total 65 milhões de euros, no domínio da construção rodoviária e a reabilitação do mercado Córdoba.
A empresa conseguiu igualmente a adjudicação do seu primeiro projeto ferroviário no México no valor de 20 milhões de dólares.

Primeiro contrato de infraestruturas rodoviárias na Colômbia

Por último, na Colômbia, o seu mercado mais recente na região da América Latina, a Mota-Engil obteve a adjudicação do seu segundo contrato, o primeiro de obra pública, e que consiste em trabalhos de manutenção e reabilitação de infraestruturas rodoviárias, totalizando, aproximadamente, 12 milhões de euros.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.