22 / Agosto / 2019

Quinta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Grupo Lena admite jovens para carreira internacional

23 de Agosto de 2013 às 16:19:23

tamanho da letra:

Empresas

Treze jovens com menos de 30 anos acabam de ingressar no Grupo Lena, no âmbito de um programa de estágios profissionais para formação de quadros internacionais, que arrancou com 1.200 candidatos oriundos das principais universidades e escolas superiores do país.

Os jovens têm como habilitações literárias mínimas uma licenciatura nas áreas de engenharia ou gestão, apetência para funções de liderança, bons conhecimentos de informática na ótica do utilizador, domínios de línguas estrangeiras e ambição pelo desenvolvimento de uma carreira internacional.
Desde esta semana e ao longo dos próximos 12 meses, os jovens irão frequentar um programa de 94 horas de formação em sala, com destaque para a área internacional dos mercados de atuação do Grupo Lena, rentabilidade dos negócios, valores e cultura de grupo. As preocupações práticas, irão materializar-se em contexto real de trabalho, a realizar nas empresas do universo Grupo Lena, com o objetivo de promover a integração dos jovens na vida ativa, numa aposta que quer aproveitar o melhor da complementaridade entre a qualificação existente e a formação prática a decorrer em ambiente laboral.     

O programa de desenvolvimento de competências para a internacionalização visa formar jovens de elevado potencial em início de carreira, com diferentes conhecimentos académicos, com habilitações ao nível de licenciatura, mestrado, pós-graduação ou MBA, abrindo as portas para o desempenho de funções no universo de empresas do Grupo Lena, em território nacional e nos países onde o grupo opera, nomeadamente Angola, Moçambique, Argélia, Marrocos, Brasil, Venezuela, Espanha, Bulgária e Roménia.

Além dos treze jovens agora selecionados, o programa de formação de quadros internacionais irá ainda incluir dez profissionais do Grupo Lena, escolhidos no âmbito de um recrutamento interno realizado ao longo dos últimos meses. Os jovens e os profissionais do grupo vão fazer parte da mesma turma de formação, numa aposta que visa a integração plena dos recém-licenciados e o contacto dos profissionais com jovens em início de carreira.

Depois de concluído o processo de formação, o Grupo Lena irá abrir as portas a uma carreira internacional aos jovens e aos seus colaboradores que vierem a demonstrar competências para o desempenho dessas funções. “ Queremos que estes jovens acompanhem e tenham um papel relevante nos desafios crescentes que temos pela frente na área internacional. Acreditamos estar perante jovens talentosos altamente motivados e muito bem preparados que irão reunir-se aos nossos colaboradores selecionados para esta ação, formando uma equipa de vencedores. Dentro de um ano, depois de feita a avaliação, todos podem concorrer a funções na área internacional”, afirma Joaquim Paulo Conceição, CEO do Grupo Lena.

Refira-se que a área internacional do Grupo Lena já ultrapassou o território nacional, tanto em volume de negócios como em resultados. Em 2012, as operações além-fronteiras contribuíram com 51% para a faturação total do Grupo, que atingiu o montante de 495,4 milhões de euros.
No final de 2013, a área internacional deverá representar 82%. Também a carteira de obras do grupo está solidamente assente no mercado externo, uma vez que 98% dos quase 4 mil milhões de contratos assinados têm origem em mercados fora de Portugal. “A nossa dinâmica internacional vai acentuar-se nos próximos anos, com o reforço da presença nos países onde estamos com maior dinamismo e a entrada em mais destinos”, explica Joaquim Paulo Conceição.

 

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.