21 / Novembro / 2019

Quinta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Empresas ver todas os artigos desta secção

Lucios conclui obras de 5,5 milhões

10 de Maio de 2013 por Lurdes Neto às 14:23:41

tamanho da letra:

Empresas

A Lucios acaba de anunciar a conclusão de dois projetos no Minho - a Escola Secundária de Vila Verde (Braga) e o Centro Náutico de Remo de Viana do Castelo - que permitiram à construtora um encaixe na ordem dos 5,5 milhões de euros.

Os trabalhos de ampliação e requalificação da Escola Secundária de Vila Verde, projeto adjudicado pelo Parque Escolar, representaram 4 milhões de euros para a construtora, enquanto a recuperação e ampliação do Centro Náutico de Remo de Viana do Castelo, adjudicada pela respetiva Câmara Municipal, foram orçadas em 1,5 milhões.
No caso do estabelecimento de ensino, com cerca de mil alunos, a construtora foi responsável pela 2ª e 3ª fases da obra, nomeadamente, pelos acabamentos de um edifício novo e pela reabilitação de dois edifícios.
“Foram construídas cerca de 70 salas de aula, algumas das quais com a particularidade de se tratarem de laboratórios de biologia, química e física, pelo que asseguramos a instalação de equipamentos apropriados”, explica Filipe Azevedo, administrador da Lucios.
De acordo com a mesma fonte, a cargo da construtora estiveram também os arranjos exteriores, nomeadamente, a horta, os jardins e os pavimentos, bem como diversos espaços desportivos.

Aplicação de soluções técnicas de apoio à eficiência energética

Já em Viana de Castelo, os trabalhos da Lucios para o Centro Náutico de Remo passaram pela recuperação das instalações da antiga ‘Fábrica das Boinas’ e pela ampliação do espaço, que servirá para guardar as embarcações, terá um tanque de aprendizagem e uma sala de aquecimento ergómetro, perfazendo uma área total de implantação de 2.573 m2.
Segundo a construtora, pretendeu-se a revitalização das ruínas do edifício existente, conferindo-lhe uma nova identidade através da inclusão de novas aberturas e novos volumes que sugerem uma leitura contemporânea.
Refira-se que este projeto teve uma preocupação ambiental importante, que consistiu na aplicação de soluções técnicas de apoio à eficiência energética.
“Incluímos painéis solares para aquecimento de águas e climatização interior por intermédio de piso radiante no edifício recuperado”, concluiu o administrador.
Este espaço, bem como os seus equipamentos, irá responder às necessidades de dois clubes de remo da cidade (o Clube Náutico de Viana e a Associação de Remadores para a Competição), num total de 70 atletas e cinco monitores.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.