25 / Setembro / 2022

Domingo

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Notícias ver todas os artigos desta secção

Habitação em Portugal valorizou 21% no último ano

20 de Setembro de 2022 às 16:14:03

tamanho da letra:

Notícias

Os preços de venda da habitação em Portugal (Continental) acumularam em agosto um aumento homólogo de 21,1%.

Este valor traduz “um nível de valorização inédito no mercado nacional”, no âmbito da atual série do Índice de Preços Residenciais da Confidencial Imobiliário, a qual acompanha a dinâmica dos preços de transação desde 2007, e reflete os “expressivos aumentos mensais verificados ao longo deste ano”, salienta-se em comunicado.
Desde o início do ano que os preços residenciais sobem mais de 1,0% por mês, alcançando por duas vezes, em maio e julho, variações mensais de 2,5%. Agosto consolidou a trajetória de forte valorização mensal, registando um aumento de 1,7% face a julho. 
Em termos nacionais, o anterior pico de valorização rondou os 17,5% e ocorreu imediatamente antes da pandemia. Apesar do primeiro ano pós-Covid ter sido marcado pelo abrandamento da valorização, desde março de 2021 que os preços retomaram a tendência de intensificação nas subidas, a qual tem sido especialmente vincada ao longo de 2022, explica a Confidencial Imobiliário.
Este comportamento esconde a heterogeneidade entre os mercados mais caros, liderados por Lisboa, e os mercados com níveis de preço mais baixo, como as periferias das Áreas Metropolitanas e outras segundas cidades do País. Ao passo que estes últimos mercados registam ritmos de valorização bastante mais fortes, os mercados com níveis de preços mais consolidados têm vindo a apresentar subidas mais contidas. É o caso de Lisboa, líder de preço a nível nacional e onde a valorização homóloga no 2º trimestre deste ano foi de 10,6%. Trata-se de um abrandamento face ao ritmo de subida de 13,5% verificado na capital no trimestre anterior, além de ser também um dos aumentos menos robustos, quer entre as capitais de distrito, quer no contexto da respetiva região metropolitana. 
Os preços médios de transação no agregado do País refletem bem a dinâmica de valorização. O preço médio de venda das casas em Portugal em agosto, considerando um período acumulado de três meses, ascendeu a 2.025€/m2, mantendo-se no patamar superior aos 2.000€/m2 que tinha sido atingido no 4º trimestre de 2021, conforme os dados do SIR-Sistema de Informação Residencial.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.