12 / Julho / 2020

Domingo

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Notícias ver todas os artigos desta secção

UE aconselha aumento da competitividade e não redução do investimento

06 de Maio de 2010 às 16:34:58

tamanho da letra:

Notícias

O Relatório da Primavera da Comissão Europeia (CE) que contém as previsões económicas para os seus Estados-membros refere que, em Portugal, os indicadores apontam para uma recuperação muito modesta da economia - 0,5% em 2010 e 0,7% em 2011 -, com a balança comercial a dar o único contributo positivo, já que “a procura privada deverá estagnar e o investimento continuará a cair em 2010 e 2011”.

Mesmo assim, os aumentos previstos para as exportações (3,8% em 2010 e 4,4% no ano seguinte) dependem muito da recuperação da procura externa, sobretudo por parte de Espanha, o grande parceiro comercial de Portugal. É que, explica a CE, não se prevê que a competitividade da economia nacional se altere a curto prazo, o que pode, até, limitar as exportações a médio prazo. Daí, a CE aconselhar Portugal a promover a competitividade, a par da produtividade que, “na última década, tem estado abaixo da média da Zona Euro, revelando fraquezas estruturais”, ao invés de diminuir o investimento, se quiser recuperar a sua economia. A promoção da competitividade, sublinha, “é condição necessária para uma redução sustentada do défice público, bem como para colocar a economia portuguesa num patamar de crescimento duradouro”.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.