04 / Abril / 2020

Sábado

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Notícias ver todas os artigos desta secção

Grupo Sana investe 30 milhões na reconversão do Quartel da Graça em hotel

18 de Dezembro de 2019 às 11:45:35

tamanho da letra:

Notícias

O Quartel da Graça, em Lisboa, vai abrir no final de 2022 como um hotel de 5 estrelas, na sequência da assinatura do contrato de concessão, no âmbito do Programa Revive, com o Grupo Sana. O contrato prevê uma renda anual de 1,79 milhões de euros, por um período de 50 anos.

“Num investimento estimado de 30 milhões de euros, o projeto de requalificação prevê a instalação de uma unidade hoteleira de cinco estrelas, com 120 quartos, numa área bruta de construção superior a 15 mil metros quadrados, recuperando-se, assim, um edifício indissociável da história da cidade de Lisboa e da própria fundação do país”, lê-se numa informação constante do portal do Governo.
Classificado como Monumento Nacional desde 1910, o Quartel da Graça está localizado numa das sete colinas da capital portuguesa, com vista privilegiada sobre a cidade. Foi fundado Convento da Graça no século XIII pela Ordem dos Agostinhos Eremitas, tendo sido reedificado no século XVI e restaurado após o terramoto de 1755.
Com a extinção das ordens religiosas em Portugal, em 1834, foi ocupado pelo Exército, passando a designar-se Quartel da Graça. Nos últimos anos, estavam aqui instalados serviços da GNR e do Exército.
“Este é o 10.º imóvel a ser concessionado no âmbito do Programa Revive, o que representa 100,3 milhões de euros de investimento privado na recuperação de imóveis públicos e mais de 2 milhões de euros em rendas anuais”, salienta-se na referida informação, onde se acrescenta que “estão ainda a decorrer os concursos para a concessão do Mosteiro de Lorvão (Penacova) e do Palacete dos Condes Dias Garcia (S. João da Madeira), integrado já na 2.ª fase deste Programa”.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.